UMinho potencia acesso à formação com atribuição de 1500 bolsas de estudo
Terça-feira , Outubro 27 2020 Periodicidade Diária nº 2617
Principal / Educação / UMinho potencia acesso à formação com atribuição de 1500 bolsas de estudo

UMinho potencia acesso à formação com atribuição de 1500 bolsas de estudo

A Universidade do Minho é uma das 22 entidades parceiras da Fundação José Neves (FJN) no âmbito do programa “Income Share Agreement FJN” (ISA FJN). Pioneiro a nível nacional, este programa pretende apoiar o acesso à formação e a aquisição de competências por parte da população portuguesa através da atribuição de 1500 bolsas de estudo correspondentes ao valor da propina.

Os cursos da UMinho elegíveis para esta primeira edição do programa são os mestrados de Gestão e Negócios, Engenharia Informática, Engenharia de Redes e Serviços Telemáticos, Engenharia de Produto, Engenharia de Sistemas, Sistemas de Informação, Bioinformática, Engenharia Industrial, Engenharia Mecatrónica e o Curso Avançado em Ciências da Visão.

Os estudantes interessados podem candidatar-se em https://joseneves.org/pt/definicao-isa, autenticando-se com a chave móvel digital do cartão de cidadão e submetendo o comprovativo de inscrição no curso ou formação, o comprovativo da conta à ordem e a declaração de IRS. Se a candidatura for aprovada, a FJN efetua o pagamento da propina diretamente à instituição de ensino. O montante da bolsa é reembolsável, devendo ser retribuído à Fundação quando o estudante estiver empregado e a receber um salário acima de um determinado valor.