Quinta-feira, Abril 25, 2024
12.2 C
Braga
AtualidadeUMinho assinala Dia Internacional da Mulher

UMinho assinala Dia Internacional da Mulher

DR

A UMinho vai associar-se às comemorações do Dia Internacional da Mulher, evocado a 8 de março, com um conjunto de ações presenciais e digitais para valorizar as mulheres e promover uma discussão informada sobre o tema.

A Escola Superior de Enfermagem promoveu, esta terça-feira, o painel internacional “Contraceção: contextos e desafios”, partilhando experiências e resultados de estudos recentes. Os oradores são os professores Ricardo Mouta (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil), Fátima León (Universidade de Sevilha, Espanha), Maria José Santos (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) e Sara Palma (Instituto Politécnico de Santarém), a par das enfermeiras Paula Pereira (Maternidade Alfredo da Costa) e Fernanda Macedo (Agrupamento de Centros de Saúde Braga I).

Sete núcleos da UMinho estão também a dinamizar a Semana do Feminismo, com sete atividades abertas ao público, nomeadamente no campus de Gualtar, em Braga. Após as conversas sobre violência obstétrica, mutilação e discriminação trans, seguem-se debates sobre os desafios do feminismo nas várias áreas de estudo (dia 8, 14:00, sala 2.07 do edifício 2), a teoria económica à luz da perspetiva de género (dia 9, 17:30), os obstáculos das mulheres e a sua situação pelo globo (dia 10, 10:30) e ainda sobre consentimento, pornografia e imagem na era atual (dia 10, 14:00). A organização envolve os núcleos de alunos de Relações Internacionais (CECRI), Economia (NAECUM), Enfermagem (AEEUM) e Direito (ELSA), bem como as associações He For She, Clube Rainbow e de Debates Académicos da UMinho (ADAUM).

Os Serviços de Ação Social (SASUM) oferecem esta quarta-feira às mulheres desta comunidade académica o acesso livre às instalações e serviços desportivos, bem como o cartão de desporto no caso de inscrição/renovação. Às 17:00, prevê-se uma mega-aula de pilates, nos complexos desportivos de Gualtar e Azurém. Mais cedo, às 15:00, Rita Ribeiro, professora de Sociologia da UMinho, participa no ciclo “As migrações no feminino”, no Agrupamento de Escolas de Maximinos, em Braga. E no Instituto I3B’s, no AvePark, um “Quadro de Ideias” desafia os seus membros a escrever a sua resposta à pergunta “How will you help forge a more inclusive world?”; vai haver igualmente uma foto de grupo para as redes sociais com a pose definida este ano no âmbito do International Women’s Day.

Há também música e animação noturna, mas devido à meteorologia passa desta quarta-feira para 15 de março. Trata-se do festival “FémmeFarra”, com as tunas femininas Gatuna, Tun’ao Minho e Tun’Obebes, no espaço Double, em Guimarães. Ainda na cidade-berço, a Casa de Sarmento acolhe no dia seguinte, às 18:00, a palestra “Mulheres e trabalho: da economia familiar ao salário individual”, por Isabel dos Guimarães Sá, professora de História da UMinho, e no âmbito do ciclo “Novos Olhares: Mulheres na História”.

A Unidade de Serviços de Apoio a Projetos de Investigação (USAPI) realizou igualmente há dias a sessão de informação “Dimensão de Género e Questões Transversais no Financiamento Europeu de Projetos de IC&DT”, proferida por Natália Dias, do Cluster Cultura, Criatividade e Sociedade Inclusiva do Programa Horizonte Europa.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES