Quarta-feira, Dezembro 8, 2021
8.5 C
Braga
InícioCulturaTheatro Club da Póvoa de Lanhoso reabriu com programação regular

Theatro Club da Póvoa de Lanhoso reabriu com programação regular

© CM Póvoa de Lanhoso

A abertura da exposição “Coleção Privativa de Arte do Município III” e o espetáculo “A Vingança da Senhora Morcego” marcaram a reabertura do Theatro Club da Póvoa de Lanhoso, na noite de 19 de novembro. O presidente da Câmara Municipal, Frederico Castro, marcou presença nestes momentos.

O autarca da Póvoa de Lanhoso deu as boas-vindas a todas as pessoas presentes e concedeu a palavra à vereadora da Cultura, Fátima Moreira, para algumas breves considerações.

“Hoje, simbolicamente, reabrimos este espaço. Queremos o Theatro Club como um espaço de referência da cultura da Póvoa de Lanhoso, aberto a todas as manifestações culturais, não só do concelho como de fora do concelho, um espaço para o público usufruir do teatro e de outro tipo de espetáculos”, salientou a responsável.

O Theatro Club reabriu “de cara lavada” e depois de um período muito condicionado pelas medidas de contenção e combate à pandemia. E reabriu com duas propostas.

A primeira, a “Coleção Privativa de Arte do Município III”, que é uma exposição coletiva, que se tem realizado de dez em dez anos (2001, 2011 e 2021) e que fica patente até 7 de janeiro de 2022. “A Galeria é um espaço de artistas, é um espaço que está aberto a todos os artistas e queremos que, hoje como no futuro, continue a ser um espaço aberto aos artistas, a quem quiser expor a sua arte. O Município estará, certamente e completamente, disponível para fazer deste espaço uma mostra daquilo que de melhor se faz nas artes plásticas, no concelho e fora do concelho”, destacou Fátima Moreira.

Este conjunto resulta de doações e de aquisições efetuadas pela Autarquia Povoense ao longo da última década, contendo 18 obras (pinturas, serigrafias e esculturas) de 14 autores e autoras.

A segunda, a “A Vingança da Senhora Morcego”, da autoria de Pina Polar e Ferruccio Cainero, que é uma produção que resultou da VIVARTE – Residência Artística, que o Município promoveu durante o ano de 2020. “Hoje, damos o pontapé de saída para a programação regular do Theatro Club. Este é um espetáculo diferente, mas que, de certeza, será do agrado de todos e de todas”, finalizou Fátima Moreira, revelando que a promoção de Residências Artísticas faz parte dos objetivos do Executivo. Este é um espetáculo de clown, que teve a antestreia no dia 19 de novembro e a estreia a 20 de novembro.

Teste BTV

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS