Spin-off da Universidade do Minho distinguida pelo Conselho Europeu de Inovação
Quinta-feira , Agosto 6 2020 Periodicidade Diária nº 2535
Principal / Educação / Spin-off da Universidade do Minho distinguida pelo Conselho Europeu de Inovação

Spin-off da Universidade do Minho distinguida pelo Conselho Europeu de Inovação

Jaime Rocha Gomes

A Ecofoot, nascida na Escola de Engenharia da Universidade do Minho (EEUM), é a primeira empresa portuguesa financiada pelo Conselho Europeu de Inovação no âmbito do Pacto Ecológico Europeu (Green Deal). A sua tecnologia de tingimento, “H2Color-Aux”, pode revolucionar a indústria têxtil mundial: reduz em 70% o consumo da água, em 60% a energia gasta e em 50% o tempo nas lavagens, tendo claros benefícios no ambiente, nos custos e na produção de tintas. A Ecofoot está assim entre as primeiras 64 PME de 17 países da UE eleitas para receber um total de 307 milhões de euros, de modo a contribuir para o Green Deal e o Plano de Recuperação para a Europa.

spin-off sediada em Guimarães vai agora produzir 24 toneladas do seu composto inovador para validação interna e validação da sua eficácia junto de duas tinturarias em Portugal e uma em Itália. Vai também aproximar aquela tecnologia do seu lançamento comercial, aliando estratégias de propriedade intelectual e comunicação. A “H2Color-Aux” remove mais facilmente o excesso de corante aplicado, graças a uma camada polimérica que se forma entre o corante e a fibra e depois se decompõe, mantendo a cor intensa, uniforme e sólida à lavagem ou ao atrito, mesmo com um número menor de lavagens e a uma temperatura mais baixa.

As vantagens do projeto devem sentir-se a médio prazo. A aplicação põe então fim à utilização de detergentes que são normalmente utilizados na remoção do excesso de corante, que são poluentes e de difícil eliminação e prejudiciais à fauna e flora. Em certas zonas do globo, os governos estão a fechar indústrias de tingimento por falta de abastecimento de água limpa e devido à poluição dos rios e solos envolventes, que impede a agricultura.

Ecofoot foi fundada por Jaime Rocha Gomes, professor catedrático do Departamento de Engenharia Têxtil da EEUM e investigador do Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil (2C2T), com o objetivo de reduzir os gastos excessivos em água e energia nas lavagens posteriores de fibras celulósicas tingidas com corantes reativos. Este conceito venceu o Grande Prémio BES Inovação em 2011. Jaime Rocha Gomes tem um percurso de transferência de tecnologia da universidade para a indústria via spin-offs, tendo também fundado a Micropolis, com microcápsulas inovadoras para aplicações têxteis, que seria adquirida pelo grupo belga Devan Chemicals, e a Ecoticket, uma spin-off de acabamentos antimicrobianos e repelentes de insetos, entretanto rebatizada Repeltec.

O Conselho Europeu de Inovação apoia empresários visionários que criam soluções transformadoras para enfrentar desafios societais e ambientais prementes. As empresas em fase de arranque e PME agora distinguidas vão expandir, criar emprego e dar à Europa a liderança mundial nas tecnologias e soluções ecológicas, referiu a comissária da Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel. Outras propostas vencedoras abordam desde os setores automóvel, aeroespacial e marítimo aos materiais avançados ou à Internet das coisas.

O mais pequeno contributo pode ter um grande impacto. O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região. Apoie aqui.