Sábado, Junho 8, 2024
20.1 C
Braga
BragaSessão Plenária da Assembleia Parlamentar do Mediterrâneo está a decorrer em Braga

Sessão Plenária da Assembleia Parlamentar do Mediterrâneo está a decorrer em Braga

Iniciativa junta duas centenas de delegados de mais de 20 países.

© CM Braga

Braga recebe, até amanhã, a 18.ª Sessão Plenária da Assembleia Parlamentar do Mediterrâneo. A iniciativa da Assembleia da República conta com a participação de duas centenas de delegados de mais de 20 países provenientes de diversas organizações.

Na sessão, que decorre no Forum Braga, o presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, deu as boas-vindas aos delegados a Braga, uma “cidade que tem demonstrado uma grande capacidade de atracção de investimento e que tem criado postos de trabalho qualificados”.

“A cidade de Braga é hoje um dos polos mais inovadores e criativos da península ibérica, com impacto em todas as áreas de atividade. Criámos um novo modelo estratégico de desenvolvimento em parceria com as Universidades, com o INL, com as Associações Empresariais e com os centros de conhecimento da Região com resultados extremamente positivos”, afirmou o autarca.

Como consequência desse crescimento, o edil destacou a capacidade da cidade em “atrair talento e de aumentar a qualidade de vida dos seus cidadãos, fatores que levaram a que Braga fosse a Cidade portuguesa com o maior crescimento em número de habitantes”. “A qualidade de vida e a felicidade dos cidadãos é crucial para as cidades atraírem talento e poderem-se afirmar como clusters de inovação. Braga tem, neste momento, cidadãos de 130 nacionalidades plenamente integrados na vida da cidade”, disse.

Enquanto presidente do Global Parliament of Mayors (GPM), Ricardo Rio aproveitou a oportunidade para defender uma maior cooperação entre os Estados da região mediterrânica, que considerou ser um “espaço privilegiado para fomentar a paz, a prosperidade e a qualidade de vida dos cidadãos”.

© CM Braga

“A diplomacia não é apenas feita entre Estados, é também feita ao nível das Cidades. Como Autarca de Braga e presidente do GPM, apelo ao fomento da internacionalização das Cidades, à troca de experiências e projetos comuns por forma a alcançarmos os objetivos que todos partilhamos”, frisou.

A 18.ª Sessão Plenária da Assembleia Parlamentar do Mediterrâneo, cuja abertura esteve a cargo do presidente da Assembleia da República, José Pedro Aguiar-Branco, procura debater questões-chave para as regiões Euro-Mediterrânica e do Golfo, como os desenvolvimentos políticos e de segurança, as mudanças climáticas e a transição energética, cenários económicos, bem como as ameaças e oportunidades colocadas pelo rápido desenvolvimento da inteligência artificial e da digitalização.

A sessão conta com intervenções, não só de parlamentares, mas também de representantes dos Estados, de organizações internacionais, da academia e do setor privado. Durante os trabalhos foram ainda ouvidas mensagens do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e do secretário-Geral da ONU, António Guterres.

A Assembleia Parlamentar do Mediterrâneo, sediada em Itália, foi criada em 2006 como um fórum no qual os parlamentos nacionais da região euro-mediterrânica e do Golfo estabelecem objetivos estratégicos para a criação de um contexto político, social, económico e cultural melhorado e para promover a cooperação entre os Estados-membros. A Assembleia da República participa ativamente nos trabalhos desta Organização Parlamentar Internacional através de uma Delegação permanente.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES