Quinta-feira, Maio 13, 2021
15.4 C
Braga
InícioCulturaSão João de Braga vai realizar-se com programa adaptado à pandemia

São João de Braga vai realizar-se com programa adaptado à pandemia

São João de Braga

Depois de uma edição condicionada pela Covid-19, as festas de São João de Braga voltam a realiza-se de 18 a 24 de junho com um programa adaptado à pandemia.

Pensadas para ser vividas num formato digital, que será reforçado e envolverá conteúdos face a 2020, as festas terão a possibilidade da realização de atividades presenciais, condicionadas ao cumprimento das regras estabelecidas pelas autoridades de saúde.

“Em 2021, mais uma vez por cautela, o São João de Braga acontecerá em formato digital, chegando a todos aqueles que veneram e gostam das nossas festas. No entanto, e acautelando a saúde de cada um e a de todos, poderá ser possível abrir um pouco a porta e, para além do digital, oferecer algumas atividades em formato presencial”, sublinha Firmino Marques, presidente da Associação de Festas de São João de Braga, numa mensagem publicada nas redes sociais da organização bracarense.

Já Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, reforça que “este ano ainda não será possível viver as festas de São João de Braga no seu formato tradicional, capaz de mobilizar milhares de pessoas”. “A Associação de Festas de São João de Braga e todas as organizações que estão ligadas às festas estão a trabalhar para criar condições para que, ora de forma digital, ora sempre que possível, mas com toda a segurança de forma física também, seja possível assegurar o envolvimento de todos aqueles que vivem intensamente este período”, destaca o autarca.

Para 2021, a Associação de Festas de São João de Braga irá desafiar os foliões a, mais uma vez, acompanharem em segurança as festas, quer através das plataformas digitais, quer nos espaços escolhidos para acolher as atividades presenciais do São João de Braga.

Apoie o jornalismo.

A Braga TV é um canal de informação independente. Todas as notícias e conteúdos são e continuarão a ser disponibilizados gratuitamente.

Para continuar a oferecer um serviço de informação de referência na região, precisamos do apoio dos nossos leitores para continuar a desempenhar o nosso papel de informar.

Precisamos do seu contributo, caro leitor.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS