São João de Braga apresenta programa adaptado a pensar na segurança dos bracarenses
Quarta-feira , Outubro 28 2020 Periodicidade Diária nº 2618
Principal / Reportagem / São João de Braga apresenta programa adaptado a pensar na segurança dos bracarenses

São João de Braga apresenta programa adaptado a pensar na segurança dos bracarenses

São João de Braga

O São João de Braga vai ser vivido este ano de forma diferente. O programa das maiores sanjoaninas do país foi apresentado na manhã deste sábado pela Associação de Festas, que adequou o programa à atual situação que o país atravessa devido à pandemia da Covid-19, mas feito a pensar na segurança dos bracarenses, desafiando-os a viverem o São João dentro de portas.

A Associação de Festas aposta, assim, no São João de Braga em formato digital, mas com um programa diversificado e de apoio ao associativismo e cultura minhota, que irá decorrer de 15 a 24 de junho.

“Este é um momento especial e diferente. Este ano será um São João marcante, mas temos de fazer deste tempo, um momento de alegria, e é por isso que aqui estamos. Atendendo à situação que o país e o mundo atravessam, será um São João dentro de portas, sem festa na rua que os bracarenses e os minhotos estão habituados a viver intensamente. Mas tenho a certeza que com a dignidade que o programa foi ajustado, este irá dar alegria a todas as casas dos bracarenses. É esse o nosso desejo”, disse Firmino Marques, presidente da Associação de Festas do São João.

O programa vai dar destaque aos espetáculos online dos artistas e associações culturais bracarenses que associaram-se para celebrar o São João de Braga dentro de portas, nomeadamente os Canto D’Aqui, Sinos da Sé, Rusga de São Vicente, Grupo de Cavaquinhos Dr. Gonçalo Sampaio, Grupo Folclórico da Universidade do Minho, Espiral, Ida e Volta, Banda Musical de Cabreiros, Farra Minhota, bem como as vozes de Carlos Ribeiro, Maria Celeste, Valter e Borguinha, para os cantares à desgarrada, e ainda o “Rei David”.

A par das atuações online, o São João 2020 contará com o concerto solidário dos Amor Electro na noite de 23 de junho, no Grande Auditório do Altice Forum Braga, naquele que será o único evento a acontecer fisicamente. As receitas irão reverter para o fundo social sanjoanino.

Este ano será também apresentado o primeiro avanço do projeto de reinterpretação do cancioneiro sanjoanino bracarense, que será apresentado oficialmente em 2021, e que conta com a colaboração de Daniel Pereira Cristo.

Apesar das procissões religiosas terem sido canceladas, as novenas em honra de São João Batista vão manter-se. “Temos de louvar o esforço da Associação de Festas em reajustar o programa. Que esta situação que atravessamos nos faça olhar para São João Batista que tanto anunciava a purificação e a renovação da vida. Este programa será também uma oportunidade para que a dimensão religiosa seja valorizada, por isso, já que São João Batista foi luz de esperança, sejamos também essa luz de esperança e de mensagem, vivendo as festas em casa com alegria e pedindo a cura para a pandemia”, referiu o Cónego Roberto Rosmaninho Mariz, representante do Cabido da Sé e presidente da Assembleia Geral da Associação de Festas do São João.

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, salientou que o programa foi ajustado de forma responsável em defesa dos bracarenses. “O São João é uma festa de rua e que envolve muitas manifestações culturais, religiosas e sociais, mas este ano não vamos vivê-lo dessa forma fisicamente. Será um São João diferente, mas a pensar na segurança dos bracarenses, com uma componente presente que poderá ser usufruída através dos meios digitais, e espero que toda a comunidade fique com o apetite aberto para os anos vindouros, mas agora que o possam fazer em segurança a partir de suas casas”, sublinhou o presidente da Autarquia.

Esta será a primeira vez, em mais de 800 anos de história, que as festas do São João de Braga não acontecem nas ruas da cidade.

São João de Braga apresenta programa adaptado a pensar na segurança dos bracarenses

Esta será a primeira vez, em mais de 800 anos de história, que as festas do São João de Braga não acontecem nas ruas da cidade.

Posted by Braga TV on Saturday, June 6, 2020

Em tempos de crise, o apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região. Apoie aqui.