Esposende já ligou as luzes para o Natal
Terça-feira , Janeiro 26 2021 Periodicidade Diária nº 2708
Principal / Região / Esposende / Esposende já ligou as luzes para o Natal

Esposende já ligou as luzes para o Natal

O Natal chegou a Esposende. Para esta época natalícia, o Município vai alargar o conjunto de medidas já em vigor e prepara-se para lançar uma campanha de estímulo ao consumo no comércio e restaurantes locais, potenciando, o apoio aos empresários e comerciantes que enfrentam dificuldades económicas, decorrentes da pandemia provocada pela Covid-19.

Do conjunto de medidas de apoio mantêm-se os incentivos fiscais e isenções municipais, nomeadamente, a isenção total do pagamento da Derrama a todas as empresas do concelho, isenção total das taxas de instalação de esplanada, isenção total das taxas de publicidade, isenção total das taxas de ocupação de espaço público e isenção total das taxas de comunicação de instalação de estabelecimentos comerciais. É intenção do Município manter estas isenções, pelo menos, até ao final do ano de 2021.

A todos estes incentivos junta-se, ainda, a aplicação da taxa mínima do IMI, de forma a apoiar transversalmente todas as famílias que residam no concelho.

Paralelamente a toda esta ajuda direta, o Município de Esposende, através da START Esposende, continuará a prestar apoio aos empresários, facultando informação sobre os apoios financeiros disponibilizados pelo Governo e/ou Fundos Comunitários.

Para além do apoio dado pela via de incentivos fiscais e isenções de taxas às empresas, o Município de Esposende aposta em várias iniciativas de apoio ao comércio tradicional, estando, a título de exemplo, contemplada uma arrojada campanha de estímulo ao consumo.

Em parceria com a Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende (ACICE), o Município lança um vídeo promocional da campanha, ao mesmo tempo que dissemina, de forma física e digital, a mensagem de apelo ao consumo “Este Natal o Comércio tradicional espera por si”. Esta campanha integra também a instalação da tradicional iluminação de Natal, como apoio à atividade económica durante esta quadra festiva.

Estão previstas iniciativas dirigidas especificamente ao apoio dos estabelecimentos comerciais, como a realização de um sorteio de Natal, onde as compras superiores a 20 euros, no comércio tradicional, habilitarão os clientes a prémios em vales de compras no valor de 5.000 euros.

Todos os prémios a sortear são convertidos em vales para descontar exclusivamente nos estabelecimentos aderentes do comércio tradicional do concelho de Esposende, revertendo assim o valor diretamente para os estabelecimentos aderentes.

Outra iniciativa assenta na possibilidade de aquisição, para oferta, de “Vales Presente” no valor de 25 euros, 50 euros e 100 euros, que poderão ser trocados diretamente nos estabelecimentos aderentes do comércio tradicional de Esposende. Os vales estarão acessíveis na sede da ACICE e em outros pontos de venda assinalados.

Estes “Vales Presente” serão majorados como sinal de reconhecimento pelo consumo no comércio tradicional, valendo no momento da sua utilização nos estabelecimentos, 30 euros, 60 euros e 120 euros, respetivamente.

Para receber os clientes haverá decoração especial nas montras dos estabelecimentos comerciais que competirão num Concurso de Montras Sustentáveis, dedicadas à quadra natalícia e que serão fator de atratividade para adultos e crianças.

No âmbito destes apoios será, ainda, lançado o “Selo de Certificado de Origem dos Produtos de Esposende” que pretende criar uma marca identitária dos produtos com origem no concelho, permitindo a gestão integrada e uma maior capacidade promocional de tudo o que é produzido em Esposende, nomeadamente, produtos endógenos, hortícolas, vinhos, doçaria, entre outros.

Será também lançado um desafio a todos os empresários do concelho, convidando-os a participar ativamente numa corrente de apoio, que se pretende que estimule o consumo no comércio tradicional de Esposende, incluindo os restaurantes.

O desafio “A Economia Local somos todos NÓS” vai mostrar a génese empreendedora e solidária dos empresários e de toda a comunidade do concelho, no apoio ao seu tecido comercial e restauração.