Domingo, Outubro 2, 2022
18.4 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeRecuperação dos Moinhos da Abelheira em Esposende quase concluída

Recuperação dos Moinhos da Abelheira em Esposende quase concluída

© CM Esposende

Benjamim Pereira, presidente da Câmara Municipal de Esposende, visitou as obras de recuperação dos Moinhos da Abelheira, em Marinhas. Acompanhado pelo vereador com a área funcional do Desenvolvimento Económico e Turismo, Sérgio Mano, e pelo presidente da Junta da União de Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, Aurélio Neiva, o autarca analisou a intervenção realizada na estrutura dos três moinhos e projetou as ações futuras que permitirão concretizar o Parque Temático dos Moinhos de Vento da Abelheira.

Está praticamente concluída a obra de recuperação de três moinhos de vento, propriedades do Município, no âmbito da candidatura Qualificação das Experiências de Turismo da Natureza no Minho – Redes de Visitação da Natureza – Moinhos da Abelheira/Esposende, integrada na Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE e que teve um investimento de 155.000 euros.

O conjunto monumental compreende sete moinhos, mas esta fase do projeto contemplou apenas os três edifícios que são propriedade da Câmara Municipal (os moinhos de vento números “3”, “6” e “7”), mas o objetivo final prevê a valorização de todo aquele espaço.

Esta ação integra-se na estratégia de promoção do Turismo no Município de Esposende através da valorização e preservação do seu património material e imaterial. Durante a visita foram analisadas diversas ações a desenvolver e que contribuam para a visitação do espaço, nomeadamente a criação das acessibilidades a todos.

A curto prazo avançarão as obras dos arranjos do interior dos três moinhos intervencionados, a colocação do equipamento inerente a cada temática que estará representada e que aborda o Ciclo do Pão e toda a etnografia a ele associada e as questões ambientais do uso da energia.

“Este é um projeto muito ambicionado pela população local e, após muitos anos de trabalho, negociações e estudo, vê, finalmente, aplicação prática no terreno”, refere o presidente da Câmara Municipal de Esposende, que destacou a importância que estas obras adquirem para a cultura e para o turismo locais, lembrando o longo caminho que há a percorrer, mas que se traduzirá num projeto de relevo e de ampla projeção do concelho de Esposende.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS