Domingo, Junho 9, 2024
22.8 C
Braga
RegiãoGuimarãesPolícia Municipal de Guimarães celebrou 24 anos

Polícia Municipal de Guimarães celebrou 24 anos

Efeméride.

© CM Guimarães

Na manhã desta sexta-feira, na praça do Instituto de Design de Guimarães, teve lugar a cerimónia oficial de comemoração do 24.º aniversário da constituição do corpo de Polícia Municipal de Guimarães, que contou, entre outras personalidades, com a presença de Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal.

O momento solene iniciou-se com a revista de Domingos Bragança ao corpo de polícia municipal, a que se seguiu a imposição de divisas aos agentes.

Para o atual comandante da Polícia Municipal, Daniel Oliveira, deu conta de todo o trabalho que é desempenhado pelo que considera “um grupo de homens e mulheres exemplar, que se dedicam de corpo e alma aos serviços que têm como competência”. “Desempenhamos funções de vigilância do património, de garante dos direitos dos cidadãos, de proteção do ambiente, de apoio a eventos desportivos, culturais e religiosos. Efetuamos ações de sensibilização e apoio ao programa 65 Mais”, disse.

Domingos Bragança, na sua intervenção, começou por agradecer a António Magalhães, presidente da Câmara Municipal à data da criação do corpo de Polícia Municipal, e principal responsável pela sua criação, “a perseverança e visão na decisão então tomada, sem deixar de lembrar a polémica e discussão que tal decisão gerou no seio político e social. Agradeceu igualmente aos vereadores e diretores que, por via de competências delegadas, estiveram política e tecnicamente responsáveis pela Divisão ao longo dos 24 anos de existência”. “Foi há 24 anos que este corpo foi criado. Na altura, algo inovador. Passados estes anos, vemos que foi uma decisão bem tomada”, referiu o autarca.

O edil lembrou “a necessidade de trazer à memória todo o trabalho realizado pela Polícia Municipal, com especial relevo para o sacrifício, entrega e abnegação demonstrados durante a crise pandémica de Covid-19, em 2019, e nos anos subsequentes, que tiveram nos seus agentes elementos fundamentais para toda a prevenção, fiscalização e logística necessárias a um desfecho positivo”. “Os agentes da Polícia Municipal, pondo em risco a própria vida, estiverem à altura”, lembrou. O presidente da Câmara disse ainda que a Polícia Municipal é importante no trabalho que desempenha para que a civilidade seja observada, funcionando como uma força de primeira linha que evita muitos problemas a jusante. “Os cidadãos olham para vocês como uma polícia indispensável e estaremos atentos ao que for necessário para o melhor desempenho das vossas funções”, concluiu.

Nelson Felgueiras, vereador com a tutela da Polícia Municipal, deixou uma palavra de reconhecimento pelos 24 anos de serviço, agradecendo aos agentes e dirigentes políticos. Perante “a crescente exigência dos cidadãos”, o vereador sublinhou “as competências demonstradas pelo corpo da Polícia Municipal, e o seu compromisso para com os vimaranenses.”

O comandante da Polícia Municipal, Daniel Oliveira, lembrou o trabalho da Polícia Municipal aquando do Euro 2004, Europeu de Sub-21 de 2016, Liga das Nações, Capital Europeia da Cultura 2012, Cidade Europeia do Desporto 2013 e, com todas as implicações conhecidas, da crise de Covid-19, não deixando de “chamar a atenção para as crescentes responsabilidades que a Polícia Municipal vai acumulando, que exigem uma atenção especial pelos responsáveis políticos”.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES