Sábado, Dezembro 10, 2022
11.6 C
Braga
InícioRegiãoPóvoa de LanhosoPavilhão da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso vai sofrer obras de...

Pavilhão da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso vai sofrer obras de remodelação

© CM Póvoa de Lanhoso

O Pavilhão Desportivo da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso vai ser alvo de obras de remodelação e beneficiação, tendo em vista a reformulação energética, hídrica e térmica daquele espaço.

Lançando mão do COLEOPTER, projeto europeu que visa a melhoria da eficácia das políticas de eficiência energética, a Câmara Municipal reuniu agora as condições para avançar com estas obras, cujo orçamento global ascende a 180 mil euros. O COLEOPTER é um projeto apoiado pelo Programa Interreg Sudoe que é financiado através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Este equipamento desportivo, cuja construção data de 1996, é desprovido de qualquer eficiência energética e hídrica, sendo, por isso, imprescindível que sejam feitas estas intervenções, para aumentar os níveis de eficácia e para reduzir os gastos energéticos com o seu funcionamento e manutenção, dando cumprimento às diretrizes europeias no que concerne às preocupações ambientais.

O pavilhão, que se encontra dentro da escola secundária, é utilizado para as aulas de Educação Física, pelos alunos, durante o dia e, por associações desportivas e público em geral, durante a noite, aos fins de semana e durante as férias escolares. Assim sendo, as obras, cujo início está previsto para o próximo dia 28, vão implicar o seu encerramento, pelo que todas as atividades que lá decorrem habitualmente serão transferidas para espaços alternativos. Com as soluções encontradas conjuntamente pela autarquia, a direção da Escola Secundária e a direção do Sport Club Maria da Fonte, permitir-se-á aos alunos, atletas e utentes, a continuidade da prática desportiva, temporariamente, noutros pavilhões do concelho (Pavilhão Desportivo Municipal, localizado na Avenida 25 de Abril e Pavilhão Gimnodesportivo de Monsul).

No que concerne às obras, os balneários serão completamente renovados, a nível interior e exterior. As intervenções deverão permitir, em simultâneo, também a substituição de materiais mais degradados e de sistemas disfuncionais obsoletos, e a realização de melhorias na sua envolvente exterior, designadamente da cobertura, fachada e envidraçados/caixilharia. A nível interior, as obras vão incidir especificamente nas águas quentes sanitárias e nas instalações mecânicas de ventilação e climatização. Será também substituído o pavimento dos balneários, portas, bancos e cabides, e reabilitada a pintura de paredes mais degradadas.

A cobertura do pavilhão também será intervencionada, com a substituição das zonas translúcidas por termo painel translúcido, com remodelação das pluviais.

Todas estas intervenções visam acrescentar àquele espaço condições adequadas e de maior conforto para os seus utilizadores, tornando a prática desportiva, tão importante para uma vida saudável, numa atividade ainda mais aprazível.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS