Sábado, Dezembro 10, 2022
9.9 C
Braga
InícioBragaParque de Campismo e Caravanismo de Braga supera números anteriores à pandemia

Parque de Campismo e Caravanismo de Braga supera números anteriores à pandemia

© CM Braga

O Parque de Campismo e Caravanismo de Braga continua a registar um aumento do número de entradas, dormidas e, consequentemente, de receita, superando mesmo os números da pré-pandemia.

Tendo em conta os dados do Instituto Nacional de Estatística para a atividade de alojamento nos parques de campismo, o primeiro semestre de 2022, comparado com o mesmo período de 2019, registou um crescimento nas dormidas a nível nacional de 1,6%. Neste indicador o Camping de Braga está muito acima desta percentagem, tendo atingido um crescimento de 14% no mesmo período.

Este equipamento municipal registou, no 3º trimestre deste ano, a visita de 5144 hóspedes, totalizando 10239 dormidas, o que se traduz na estadia média de 1,99 pessoas por noite.

Em relação a igual período de 2021, verificou-se um aumento de 127% e, em comparação com período homólogo de 2019, ou seja, antes de período pandémico, o Parque de Campismo e Caravanismo de Braga registou um crescimento de 3%.

Os portugueses representam 19% (979), e os campistas estrangeiros 81% (4145). Neste 3º trimestre destacam-se os mercados espanhol com 1376 campistas (27%), o francês com 1266 (25%), o alemão com 323 (6%), o neerlandês com 299 (5,8%) e o italiano com 214 (4,2%). Os restantes países contabilizam a entrada de 667 campistas (13%).

Em relação a 2021, verificou-se um aumento de 6053 dormidas (10239 em comparação com 4186) que se traduz um aumento de 145%. Em paralelo com o 3º trimestre de 2019, o aumento é de 3%, mais 339 dormidas.

No terceiro trimestre deste ano, o mercado nacional, contribuiu com 3055 dormidas (30%), enquanto que o mercado estrangeiro contribuiu com 7184 (70%). Nos principais mercados destaca-se o francês com 2295 (22,4%), o espanhol com 2122 (20,7%), o neerlandês com 557 (5,4%), o alemão com 484 (4,7%) e o brasileiro com 362 dormidas (3,54%). Os restantes países contabilizaram um total de 1726 dormidas, que corresponde a 16,8%.

A receita arrecadada neste terceiro trimestre de 2022, seguiu a tendência verificada no número de entradas e dormidas. O total arrecadado foi de 73 166,31€, mais 14 886,57€ em relação ao período homólogo de 2019, uma subida de 20,35%. Já em relação a 2021, os proveitos registaram um aumento de 41,13%.

Os bungalows têm tido uma procura considerável, uma vez que, devido à pandemia, houve algumas restrições, no acesso a este tipo de equipamentos. No entanto, no 3º trimestre deste ano, os bungalows registaram uma ocupação de 51,36%. Das 368 noites disponíveis, estiveram ocupados 189.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS