Quinta-feira, Maio 30, 2024
21.6 C
Braga
AtualidadeParaná quer fortalecer laços com o Cávado

Paraná quer fortalecer laços com o Cávado

CIM Cávado foi recebida no Brasil.

© CM Braga

A comitiva da CIM Cávado foi recebida na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, na última terça-feira, no âmbito da missão naquele território que está a ser promovida por esta entidade.

A secretária da Mesa Executiva da Assembleia Legislativa, Maria Victoria, recebeu a comitiva composta pelos membros do Conselho Intermunicipal onde realçou ser “uma honra receber uma comitiva de um país que admiramos tanto e que faz parte da nossa história. O nosso Estado detém muito conhecimento tecnológico que, com alegria, queremos partilhar convosco. Queremos fortalecer os laços comerciais e estabelecer parcerias em diversos setores produtivos”.

Durante uma breve reunião que antecedeu a participação em plenário e onde estiveram presentes diversos deputados estaduais, cônsul de Portugal e representantes do Município de Curitiba, houve oportunidade para trocar impressões sobre matérias de interesse comum entre ambas as partes. Foram partilhadas preocupações sobre saúde, recolha de resíduos urbanos e educação.

“Considerando o trabalho que o Paraná tem efetuado no âmbito das energias renováveis, surgiu espaço para troca de impressões sobre os futuros projetos de Comunidades Energéticas a serem desenvolvidos no nosso território. Em particular, foi revelado, tendo em conta a influência da presença da CIM Cávado no Grupo de Coordenação do Pacto Rural e da Carta de Missão de Adaptação às Alterações Climáticas da Comissão Europeia, que um dos projetos a ser implementado num futuro próximo, será num território rural”, refere a Câmara de Braga.

Maria Victoria frisou que aquele dia “ficaria marcado pela presença da comitiva e pela aprovação do Código Estadual da Mulher Paranaense (CEMP) – Lei Estadual 21.926/2024. O novo Código, discutido e aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa do Paraná, reúne 99 leis destinadas às mulheres, abordando temáticas como o combate à violência, ao preconceito, o apoio às vítimas e a promoção da saúde”.

Pelos representantes da CIM Cávado foi referido que “a nossa entidade tem diversos projetos em temas relacionados com conciliação familiar e igualdade de género, que têm sido financiados por programas de Fundos Europeus como, recentemente, o projeto Cavado + Igual financiado pelo EEA Grants, Islândia, Liechtenstein e Noruega, que pretende reduzir as disparidades sociais e económicas na Europa”.

A representação institucional do Cávado ficou a cargo do vice-presidente da CIM Cávado e presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Mário Constantino Lopes, que falou aos deputados da Assembleia Legislativa do Paraná sobre o nsso território, as suas potencialidades e desafios para o futuro.

Em reunião de plenário daquela Assembleia Legislativa referiu que “acreditamos que as nossas futuras conversações nos ajudarão a moldar um futuro onde o Cávado e o Paraná se destaquem pela sua capacidade de adaptação e pela sua resiliência”.

Já presidente da Mesa Executiva da Assembleia Legislativa, Marcel Micheleto, agradecendo a presença desta Comitiva referiu que “ficámos muito felizes por esta troca de experiências que só tem um objetivo, levar qualidade de vida ao povo português, ao povo brasileiro e ao Estado do Paraná”.

No final desta ação houve espaço para os membros da CIM Cávado trocarem diversas impressões com o cônsul de Portugal neste território, André Bandeira, sobre questões relacionadas com a internacionalização das empresas, possíveis intercâmbios futuros e a atividade da instituição.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES