Papa Francisco recebeu calorosamente crianças carenciadas de instituição de Braga
Segunda-feira , Novembro 30 2020 Periodicidade Diária nº 2651
Principal / Notícias / Papa Francisco recebeu calorosamente crianças carenciadas de instituição de Braga

Papa Francisco recebeu calorosamente crianças carenciadas de instituição de Braga

O Centro Social Padre David de Oliveira Martins teve, no passado dia 28 de setembro, um dos marcos mais importantes da sua história, ao ser recebido em audiência privada no Vaticano, por sua Santidade, o Papa Francisco. Uma comitiva composta por cerca de 100 pessoas contou com a presença do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, do presidente do Centro Social, Padre Manuel Joaquim, das crianças da Casa de Acolhimento da Instituição, dos Colaboradores e Direção.

A comitiva foi recebida pelo Monsenhor, António Ferreira da Costa, na manhã do dia 28, que fez as honras da casa e acompanhou-os até à Antecâmara da sala Paulo VI, sala onde foram recebidos pelo Papa Francisco.

A cerimónia começou com um pequeno discurso de apresentação do Arcebispo Primaz de Braga, que agradeceu a oportunidade que foi dada às crianças do Centro ao serem recebidas pelo Papa, que é “fruto do reconhecimento do trabalho desenvolvido por esta Instituição ao longo dos 60 anos de existência, no apoio aos mais desprotegidos”. A cerimónia continuou com a apresentação de uma música cantada pelas crianças, com uma letra composta para o momento.

Depois de cantada a canção chegou o momento mais aguardado, as palavras que o Santo Padre tinha preparado para esta receção.

“Queridos irmãos e irmãs!

A todos saúdo e agradeço a D. Jorge as amáveis palavras de saudação e apresentação desta bela dádiva de Deus, desta maravilhosa que é o Centro Social de Ruílhe. O mesmo é fruto sobretudo do óbolo oferecido pelo povo humilde e generoso em resposta ao apelo do Padre David de Oliveira Martins. Não pedia para si; pedia para os irmãos, que lhe estendiam os braços à procura de desencadeando por todo o lado a revolução de ternura, sob a bandeira ‘as crianças do Padre David!’. De Roma, levai um abraço meu para os assistidos e os assistentes da Instituição nas suas diversas valências ao serviço da infância, juventude, dos pobres e dos idosos. Como embaixadores do amor que tendes à igreja e do bem que me quereis, enviaste os mais pequeninos. Obrigado, Padre Manuel Joaquim.

O vosso caminho leva-vos a olhar juntos o futuro: não olhar sozinhos, nem para vós mesmos. Com, ensina Paulo, «o presente ou o futuro, tudo é vosso. Mas vós sois de Cristo e Cristo e de Deus» (1 Cor 3, 21.23). Vós sois de Cristo! É o sentido profundo da vossa história até ao dia de hoje, mas é sobretudo a chave para enfrentar o futuro. Sede sempre de Cristo na oração, no cuidado dos seus irmãos mais pequeninos. Não tenhais medo de participar na revolução a que Ele vos chama: a revolução da ternura (cf.Exort. ap. Evagelii gaudium,88). Cristo caminha convosco e guiar-vos-á.

Antes de vos saudar de forma mais pessoal, quero assegurar a todos e cada um a minha afetuosa solidariedade. Nunca deixeis que o passado vos determine a vida. Olhai sempre para diante. Trabalhai e lutai para diante. Trabalhai e lutai para conseguir as coisas que vós quereis. E jamais algum de vós se sinta sozinho; na verdade, compete a todo o homem, criado à imagem de Cristo, fazer-se próximo do seu vizinho, ternura e amor. E que Ele abençoe o Centro Social padre David com quanto abriga e todos que o gerem, dinamizam e apoiam. Rezo por vós e vós rezai por mim! Obrigado.”

Para finalizar a cerimónia, o Papa Francisco cumprimentou afetuosamente todos os presentes e foi tirada uma fotografia de grupo.

Já sem a presença do Papa, o grupo visitou o interior da Basílica de São Pedro com as explicações históricas dadas pelo Monsenhor António Ferreira da Costa.

A comitiva passeou durante a tarde por Roma, visitando os pontos mais importante da cidade eterna, regressando a Portugal no dia seguinte.

Esta Viagem foi inserida nas comemorações dos 60 anos da Instituição.