Presidente da República renova Estado de Emergência
Sábado , Janeiro 23 2021 Periodicidade Diária nº 2705
Principal / País / Presidente da República renova Estado de Emergência

Presidente da República renova Estado de Emergência

DR

Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República, decretou hoje a renovação do Estado de Emergência até 15 de janeiro, face à Covid-19.

O presidente da República justificou a renovação por mais oito dias, explicando que “escassos são ainda os dados que possam ser relacionados com o período decorrido entre 23 e 27 de dezembro, ou seja, o período de alívio de medidas pelo Natal, bem como do período seguinte, de Ano Novo, embora os números mais recentes sejam muito preocupantes, demonstrando a imperiosidade das medidas de emergência”.

O chefe de Estado anunciou que só no dia 12 de janeiro serão ouvidos os especialistas acerca dessa matéria e projeções da sua evolução imediata.

“Não obstante, os números de casos e de mortos nos últimos dias impõe uma cuidadosa contenção, ou seja, permanência por uma semana do regime em vigor, até que, entre o dia 12 e o dia 13, se possa decidir acerca de eventual nova renovação, sua duração e conteúdo”, assinalou.

“Sendo vontade de todos nós que o Estado de Emergência cesse logo que não seja estritamente necessário e tendo o começo da vacinação trazido acrescida esperança, a pandemia continua, ainda, a ir mais depressa do que a vacinação”, acrescentou.

O Parlamento votou esta quarta-feira a renovação do Estado de Emergência, com votos a favor do PS, PSD e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues. PCP, PEV, Chega, Iniciativa Liberal e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira votaram contra, enquanto que o Bloco de Esquerda, CDS-PP e PAN abstiveram-se.

O que explica os sacrifícios que nos continuam a ser pedidos e a paciente coragem com que têm sido enfrentados, que se impõe a todos, a começar pelo Presidente da República.