Domingo, Fevereiro 25, 2024
11.7 C
Braga
InícioBragaOrçamento Participativo de Braga teve 89 propostas

Orçamento Participativo de Braga teve 89 propostas

© CM Braga

O Orçamento Participativo de Braga recebeu 89 propostas apresentadas pelos bracarenses. O prazo para submissão das mesmas terminou ontem, seguindo-se agora uma fase de apreciação das referidas propostas pelos serviços municipais (que verificarão se as mesmas são ou não elegíveis), de reclamações e de análise e decisão sobre as reclamações apresentadas.

A divulgação da lista final de projetos a votação está prevista para o dia 23 de março, sendo que a fase de votação irá decorrer entre os dias 24 de março e 28 de abril.

A última edição do Orçamento Participativo reportou-se ao ano de 2020, tendo o projeto sido interrompido devido à pandemia de Covid-19. Comparativamente aos números dessa edição, a deste ano conta com um acréscimo de 42 propostas, tendo também superado a adesão registada nas edições de 2019, 2018 e 2016.

De acordo com Sameiro Araújo, vice-Presidente da Câmara Municipal de Braga, a elevada participação verificada nesta edição, em termos de propostas apresentadas, é demonstrativa do valor do projeto e da vontade dos bracarenses em contribuir ativamente para a construção de uma cidade melhor.

“Após a interrupção devido à pandemia, é com enorme orgulho que verificamos que os Bracarenses continuam interessados em participar na vida da cidade. Estes números são também demonstrativos do potencial do Orçamento Participativo, que queremos que continue a crescer e a envolver cada vez mais os cidadãos e a comunidade”, afirmou.

Propostas abrangem diversas áreas de intervenção

As propostas apresentadas são oriundas de diversos pontos do concelho e abrangem as várias áreas de intervenção do OP. As propostas estão divididas da seguinte forma:  13 – Ação Social, Coesão e Solidariedade; 7 – Ambiente, Alterações Climáticas, Energia e Bem-Estar Animal; 12 – Cultura, Artes e Património; 3 – Desenvolvimento Económico, Emprego, Comércio e Turismo; 12 – Desporto, Saúde e Bem-Estar; 9 – Educação, Ensino e Formação; 11 – Equipamentos, Espaço Público e Espaços Verdes; 3 – Igualdade, Integração e Interculturalidade; 10 – Infra-estruturas, Mobilidade, Trânsito, Segurança e Proteção Civil; 4 – Juventude, Cidadania e Participação; 5 – Urbanismo e Regeneração Urbana.

Os cidadãos podem obter toda a informação sobre projeto no Portal do Orçamento Participativo aqui. É também neste portal que os bracarenses se devem registar, até dia 25 de abril, para votar no seu projecto favorito (só poderão votar num projecto).

Podem votar no Orçamento Participativo todos os cidadãos inscritos no Portal, com idade igual ou superior a 16 anos, que estejam recenseados no concelho de Braga, ou que comprovadamente residam, estudem ou trabalhem em Braga.

A Câmara Municipal de Braga alocou ao Orçamento Participativo o valor global de 650 mil euros, destinados a apoiar e financiar projetos de montante igual ou inferior a 85 mil euros.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES