Quarta-feira, Janeiro 26, 2022
6.8 C
Braga
InícioRegiãoCabeceiras de Basto"O Quebra Nozes" levou 800 crianças ao Centro de Teatro de Cabeceiras...

“O Quebra Nozes” levou 800 crianças ao Centro de Teatro de Cabeceiras de Basto

© Cabeceiras de Basto

O Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto apresentou no passado sábado, 11 de dezembro, nos Claustros do Mosteiro S. Miguel de Refojos, a sua  mais recente grande produção intitulada ‘O Quebra Nozes’ que envolveu 80 crianças e jo-vens que frequentam as Oficinas de Jogos Dramáticos e de Interpretação Teatral do CTCMCB. A partir do conto de E. T. A. Hoffmann, a extraordinária encenação teatral  contou com a participação especial da Escola de Bailado de Fafe, cuja atuação  proporcionou um brilho especial ao emotivo conto de Natal. 

O espetáculo integrou o programa de Natal 2021 ‘Cabeceiras de Basto: Um Lugar Mágico’  que estende a sua programação até ao dia 6 de janeiro de 2022. Na plateia, a assistir a esta peça, estiveram o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, bem como o vice-presidente António Fernando Basto. 

Através do espetáculo ‘O Quebra Nozes’, o CTCMCB voltou a evidenciar o talento dos cabeceirenses para a arte, mais concretamente para o teatro, cuja peça foi efusivamente aplaudida. 

Criado em 2012, o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto continua a dar corpo ao projeto de formação artística onde se desenvolvem e partilham experiências cénicas com diferentes grupos e associações locais, numa verdadeira aposta na cultura e na valorização humana dos Cabeceirenses.O CTCMCB trabalha as memórias,  as tradições e o património material e imaterial, recolhendo, tratando e dando a conhecer o nosso património através do teatro. Assume-se como um projeto inclusivo, intergeracional, envolvente e comunitário, contando com a colaboração das freguesias, do movimento associativo e de outras institui-ções locais. 

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS