Sábado, Julho 24, 2021
20.6 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeMunicípio de Esposende aposta em projeto cultural de inclusão

Município de Esposende aposta em projeto cultural de inclusão

CM Esposende

Sob a premissa “Cultura para Todos em Esposende”, o Município está a desenvolver um projeto direcionado para pessoas com particulares dificuldades de inclusão social, com o intuito de promover a democratização do acesso a bens culturais, a criação de oportunidades de participação ativa em ações de capacitação e a melhoria da empregabilidade.

A decorrer desde o início deste ano, o projeto prolongar-se-á até final de 2022, num investimento global de cerca de 170.000 euros, financiado a 85% no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte – Norte 2020.

“Cultura para Todos em Esposende” integra um vasto conjunto de ações, para diferentes públicos e com objetivos específicos, e que assentam em várias dinâmicas. Assim, para a comunidade idosa do concelho, a intervenção concretiza-se através do Coro Sénior, de Oficinas Artísticas e do Fórum para Promoção da Longevidade, com o objetivo de melhorar a sua qualidade de vida, promovendo a interação, socialização e estimulando a sua dimensão cognitiva e intelectual.

Orientada para o público adulto, a ação “Percursos de cidadania – literacia, alfabetização solidária e música inclusiva” proporciona atividades de índole cultural, social, desportiva, entre outras, no sentido de uma melhor integração na comunidade, com mais participação, maior felicidade, como um ato de liberdade e de cidadania. No âmbito da “Inclusão e Acessibilidade na Literacia e na Música”, o projeto propõe-se sensibilizar a comunidade escolar para o respeito pela diferença, envolvendo, de forma particular, alunos com incapacidades (invisualidade, surdez, perturbação do desenvolvimento intelectual), promovendo o interesse e a motivação para a leitura através da mistura de ingredientes imprescindíveis para o sucesso pessoal e académico, numa perspetiva multidisciplinar.

Outra das ações é “Teatro para Todos”, que se assume como um espaço cultural para a comunidade, abarcando o maior número de participantes, e que assenta na utilização do teatro como recurso e suas práticas como meio de promoção da sociabilização, inclusão e encontro para e com a comunidade.

O “Programa Municipal de Arte Comunitária” é uma proposta aberta a toda a comunidade, numa lógica de verdadeira integração, apesar de ter como alvos prioritários da ação os residentes dos bairros sociais da zona sul de Esposende e de Apúlia, os utentes do Centro de Acolhimento Temporário Emília Figueiredo da ASCRA, bem como os alunos em situação de maior vulnerabilidade social e educativa da Escola Básica de Apúlia, incluindo crianças e jovens de etnia cigana. Nesta ação, serão realizadas oficinas de teatro comunitário, oficinas de música, de ilustração, escrita criativa, entre outras atividades.

Entre diversos eventos que irão ser realizados ao longo destes dois anos, indo ao encontro do objetivo de partilha e de mostra de teatro, o projeto prevê a realização de um festival – Festival de Teatro Amador de Esposende (FESTIAMA).

O desenvolvimento deste projeto, que se encontra em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, envolve várias entidades locais, designadamente os grupos de teatro do concelho, nomeadamente o Forjães em Cena, o Grupo de Artes Recreativas de Fonte Boa (GARFO), o Grupo de Teatro Amador de Fão (GATA), o Grupo de Teatro Amador de Esposende – Rio Cávado (GATERC) e o grupo de teatro amador da Juventude Unida de Marinhas (JUM), as autarquias das freguesias onde estão sediados os grupos, concretamente a Junta de Freguesia de Forjães, a União das Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto, a União das Freguesias de Apúlia e Fão e a União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, bem como as paróquias que cedem as instalações para ensaios e para a realização dos espetáculos, designadamente a de S. Salvador de Fonte Boa, a de S. Paio de Fão e a de S. Miguel de Marinhas. São também parceiros a ASCRA – Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia, a Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos (APEFA), as Santas Casas da Misericórdia de Fão e de Esposende, o Centro Social da Juventude Unida das Marinhas, a Casa de Música/ Banda de Antas, a Associação de Pescadores Profissionais do Concelho de Esposende, a Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende (ACICE), a Associação Comercial e Industrial de Barcelos (ACIB), a Esposende 2000, a Escola Secundária Henrique Medina, a Universidade do Minho, a Mareada – Associação, Cultural., Artística e Social, de Apúlia, e a Associação Esposende Solidário.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS