Município de Braga premiou projetos inovadores de empreendedorismo social
Quinta-feira , Agosto 13 2020 Periodicidade Diária nº 2542
Principal / Notícias / Município de Braga premiou projetos inovadores de empreendedorismo social

Município de Braga premiou projetos inovadores de empreendedorismo social

Captura de ecrã 2017-02-08, às 18.22.58

‘Dar Asas para Voar’, do Centro Cultural e Social de Santo Adrião, foi o projeto vencedor do I Concurso de Empreendedorismo Social promovido pelo Município de Braga em parceria com a IES – Social Business School.

O projeto, contemplado com um financiamento de cinco mil euros do Município e acompanhamento especializado do mesmo valor por parte da IES, visa colmatar uma lacuna existente no apoio às crianças e jovens com multideficiência e respetivas famílias, através do desenvolvimento de atividades lúdico-pedagógicas e da criação de um espaço de apoio aos cuidadores.

Este foi um dos nove projetos apresentados ao júri do concurso durante o Fórum ‘Braga: Hub de Inovação Social’, depois de terem sido trabalhados durante o ‘bootcamp’ de Empreendedorismo Social realizado no final de janeiro, no gnration.

Na cerimónia de entrega dos prémios, que decorreu esta terça-feira, 7 de fevereiro, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, enalteceu a qualidade dos projetos submetidos ao concurso, salientando que estes “são também o reflexo do trabalho de qualidade que as instituições sociais do concelho realizam diariamente em prol da população”.

Ricardo Rio agradeceu ao júri – constituído por representantes da ‘Primavera – Business Software Solutions’, ‘F3M’, ‘M18’, ‘Triformis’ e ‘Grupo José Pimenta Marques’ – por ter aceite o desafio do Município, assim como ao IES que foi “um parceiro fundamental quer na realização do ‘bootcamp’, quer na organização do fórum de inovação social”.

Em nome do júri, Pedro Fraga, da ‘F3M’, destacou o contributo da Câmara Municipal na “promoção de iniciativas que ajudam a lançar sementes e a contribuir para que as instituições ajudem a melhorar a vida das pessoas”.

Além do grande vencedor, o júri do concurso atribuiu menções honrosas a dois projetos: ‘Entrelinhas’, da Bogalha; e ‘Educ’Arte’, do Tin.Braga. Foi ainda expressa a disponibilidade dos membros do júri de encetarem contactos exploratórios para aprofundar a viabilidade de apoio ao projeto ‘AVOZ’, apresentado pela Fundação Bomfim.

A qualidade de todos os projetos ditou, igualmente, o apoio na estruturação de candidaturas a financiamentos comunitários e na inspeção/fiscalização de obras que venham a ser realizadas no âmbito destes projetos.