Sábado, Dezembro 10, 2022
9.9 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeMorreu Laurentina Torres, ex-presidente da Câmara de Esposende

Morreu Laurentina Torres, ex-presidente da Câmara de Esposende

© CM Esposende

Laurentina Torres, ex-presidente da Câmara Municipal de Esposende, autarquia onde também desempenhou as funções de vereadora.

O Município de Esposende decretou um dia de Luto Municipal, a 8 de novembro. Um voto de pesar será submetido à votação, na próxima reunião do Executivo Municipal.

Laurentina Veloso Fernandes Torres Losa Faria nasceu a 5 de junho de 1937, na freguesia de Apúlia. Além do trabalho que desenvolveu profissionalmente enquanto professora, destacou-se pela atividade social que levou a cabo ao longo da sua vida, na defesa das tradições e cultura de Apúlia, em particular, e de todo o concelho de Esposende, tendo recebido a Medalha de Mérito Municipal, na sessão camarária de 27 de julho de 2006.

Na sequência das eleições autárquicas de 15 de dezembro de 1985, Laurentina Torres foi eleita vereadora da Câmara Municipal de Esposende, tendo sido, também, membro do Conselho de Administração do Serviços Municipalizados e representante da Câmara Municipal no Conselho Técnico de Deficientes.

Pelo falecimento do então presidente Alexandre Domingos Losa Faria, Laurentina Torres assumiu a Presidência da Câmara em 1986,  tendo  cumprido o restante mandato, como presidente da Câmara Municipal de Esposende, até às eleições autárquicas de 17 de dezembro de 1989.

A par das suas atividades políticas e de docente, Laurentina Torres dedicou grande parte da sua vida à promoção da cultura e tradições da sua terra natal. De 1964 a 1979 dirigiu a Secção Feminina do “Grupo dos Sargaceiros da Casa do Povo de Apúlia”. Em 1984 fundou o “Grupo Infantil dos Sargaceiros de Apúlia”. 

Exerceu o cargo de presidente da Comissão de Apoio à Casa do Povo de Apúlia e de Coordenadora do “Grupo dos Sargaceiros da Casa do Povo de Apúlia”. O expoente deste seu trabalho surge em 2004 com a proposta de classificação do repositório oral da cultura luso-galaica como Património Imaterial da Humanidade da UNESCO, onde alguns valores da etnografia esposendense foram integrados, nomeadamente as tradições dos sargaceiros de Apúlia, com as suas atividades agro piscatórias.

“Foi com enorme pesar que o Executivo da Câmara Municipal de Esposende recebeu a notícia do falecimento da Digníssima Senhora Professora Laurentina Torres, manifestando a autarquia um público Voto de Pesar pelo seu falecimento. Laurentina Torres dedicou a sua vida à causa pública, facto que merece o nosso reconhecimento e que serve de exemplo, na persecução da defesa dos valores comuns à sociedade e ao desenvolvimento do País. A Câmara Municipal de Esposende apresenta sentidas condolências à sua família e a todos os que sentem profundamente a sua ausência”, disse o Executivo da Câmara Municipal de Esposende.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS