Sexta-feira, Setembro 17, 2021
18 C
Braga
InícioBragaLIVRE assume luta contra a violência doméstica como uma "prioridade" em Braga

LIVRE assume luta contra a violência doméstica como uma “prioridade” em Braga

© Livre

Teresa Mota, candidata do LIVRE à Câmara de Braga, acompanhada de elementos das listas do partido às próximas eleições autárquicas, reuniu com Emília Santos, fundadora e representante do coletivo “Mulheres de Braga”, que atua no âmbito do apoio a vítimas de violência doméstica.

Durante a conversa, a candidata, que “conhece e apoia o coletivo desde a sua criação”, ficou a par da sua atividade mais recente, nomeadamente o reconhecimento do mesmo como Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) e o sucesso obtido com a petição entregue na Assembleia da República, do qual resultaram medidas legislativas como o reconhecimento do estatuto de vítima a crianças que vivem em contexto de violência doméstica e o apoio judiciário imediato a pessoas vítimas de violência doméstica.

Teresa Mota reconheceu o “importante e necessário trabalho com as pessoas vítimas de violência doméstica que é feito pela IPSS, nomeadamente o apoio imediato no contacto com as forças policiais e o Ministério Público, o apoio psicológico a curto e médio prazo, o posterior acompanhamento no processo de ‘emponderamento’ da vítima e o trabalho educativo desenvolvido junto das escolas”. A candidata lamentou, ainda, “a falta de apoio logístico e financeiro por parte do atual executivo” à IPSS.

Caso Teresa Mota seja eleita, a candidata assume “a luta contra a violência doméstica no Município de Braga como uma prioridade” e frisou “a necessidade de aprofundar a articulação entre as autoridades policiais, judiciárias e coletivos com o coletivo ‘Mulheres de Braga’ para que essa luta chegue a bom porto”, medida que consta do programa eleitoral do LIVRE para as próximas eleições autárquicas.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS