Junta de Gualtar iniciou hoje a distribuição de máscaras sociais
Sábado , Dezembro 5 2020 Periodicidade Diária nº 2656
Principal / Braga / Junta de Gualtar iniciou hoje a distribuição de máscaras sociais

Junta de Gualtar iniciou hoje a distribuição de máscaras sociais

A Junta de Gualtar começa hoje, 23 de abril, a distribuir máscaras sociais aos habitantes da freguesia. A distribuição vai iniciar pela população sénior, alargada posteriormente aos doentes de risco e à restante população.

As Autoridades da Saúde aconselham o uso de máscaras, aos que têm de se descolar, em espaços fechados, nomeadamente nos transportes públicos, supermercados, bancos, farmácias, entre outros. Atentos a esta necessidade e tendo em conta a dificuldade de aquisição de máscaras reutilizáveis, a Junta de Freguesia irá oferecer estas máscaras aos gualtarenses.

São máscaras laváveis, em tecido, 100% algodão, feitas de acordo com as instruções das autoridades, podendo ser usadas várias vezes. Permitem ainda, a aplicação de um filtro interno para quem pretender.

A Autarquia local vai começar hoje a contactar, por telefone, todos os maiores de 65 anos para combinar a entrega presencial. A recolha das máscaras pode também ser feita diretamente nos serviços da Junta, em horário de expediente, por um familiar. No entanto, caso seja um familiar a fazer o levantamento, deverá levar os Cartões Cidadão das pessoas respetivas.

Ainda hoje foram entregues máscaras ao Centro Social e Paroquial de Gualtar. Para o presidente da Junta de Gualtar, João Vieira, “este esforço financeiro do Executivo da Junta é sobretudo para permitir alargar a segurança das pessoas. Esperamos que esta medida seja um investimento na saúde de todos. Muitas pessoas têm tido dificuldades em encontrar máscaras e, sobretudo, em pagar os preços praticados. Não queremos que ninguém fique para trás. Se todos estivermos protegidos, teremos um regresso mais rápido à normalidade e é isso que pretendemos. Faço ainda um elogio aos gualtarenses que, no geral, têm mantido um comportamento cívico exemplar”, disse o presidente.