Sexta-feira, Agosto 12, 2022
17.8 C
Braga
InícioBragaInvestigação em Engenharia Biológica realizada na Universidade do Minho deve potenciar empresas

Investigação em Engenharia Biológica realizada na Universidade do Minho deve potenciar empresas

© CM Braga

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, visitou o Centro de Engenharia Biológica (CEB) da Universidade do Minho, onde se inteirou dos projetos em curso, mas sobretudo das potencialidades deste relevante centro de investigação da Escola de Engenharia e que tem dado cartas na ciência portuguesa e internacional.

O autarca foi recebido pelo reputado cientista deste centro de investigação, José António Teixeira, e ainda por Lígia Rodrigues, diretora do Departamento de Engenharia Biológica e diretora Associada do CEB.

Ao longo desta visita, o edil teve a oportunidade de conhecer alguns dos projetos e prioridades de investigação deste centro, muito alinhados com aquelas que são também as prioridades atuais da sociedade, nomeadamente ao nível da segurança alimentar, sustentabilidade ambiental, biotecnologia industrial ou das ciências biomédicas.

Nesta reunião, foi ainda concertado um plano para o Município de Braga contribuir para a estratégia de futuro do CEB, alinhada com as prioridades da cidade nas áreas da sustentabilidade e biotecnologia. “Braga tem imenso conhecimento produzido nesta área, com muitos investigadores de grande qualidade e tem já algumas empresas com projecção internacional neste setor. Mas agora é preciso escalar mais este vetor estratégico e queremos ajudar a potenciá-lo, sendo a Universidade do Minho um parceiro fundamental e catalisador de muitos projetos”, afirmou.

O autarca referiu ainda que o CEB, juntamente com outros centros de investigação da UMinho e ainda com o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), constituem por si um ‘polo relevante que tem capacidade para potenciar a criação, mas também a atracção de grandes empresas na área da biotecnologia’. “Esta visita serviu para ajudar a potenciar este setor, pois temos consciência que é preciso fazer mais”, afirmou.

Nesta visita, onde também esteve o diretor da Startup Braga, Luís Rodrigues, foram analisadas potenciais sinergias para ajudar a florescer novos negócios através da investigação na área da biotecnologia e que pode ter no ecossistema de inovação Bracarense ainda mais relevância.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS