Quinta-feira, Maio 26, 2022
18.6 C
Braga
InícioBragaHospital de Braga sensibiliza para o mês europeu da Luta contra o...

Hospital de Braga sensibiliza para o mês europeu da Luta contra o Cancro do Intestino

Hospital de Braga

Em Portugal o cancro colorretal é um dos três cancros mais frequentes com cerca de mais de 3.800 óbitos por ano. O Hospital de Braga vai sensibilizar para esta data como forma de alerta para a importância da deteção precoce desta doença antes de haver sintomas.

Joaquim Costa Pereira, diretor do Serviço de Cirurgia Geral, afirma que “a deteção deste cancro pode ser realizada num estágio muito inicial da doença, podendo mesmo haver possibilidade de diagnosticar lesões tão iniciais que podem ser removidas antes de se desenvolver um cancro invasor”.

“O cancro do cólon inicia-se por alterações no interior do intestino grosso – pólipos – que desde o seu início, e durante o período de sete anos, podem evoluir para cancro invasor. Excluindo os cancros hereditários, não é provável o aparecimento de pólipos malignos antes dos 45 anos, assim a realização de uma colonoscopia aos 45 anos, repetida a cada 5 a 10 anos, pode identificar e permitir a remoção dos pólipos, evitando-se assim o desenvolvimento de um cancro do cólon”, acrescemta.

Joaquim Costa Pereira explica que “a alteração do hábitos intestinais – prisão de ventre ou diarreia -, presença de sangue nas fezes e a dor abdominal são sinais que devem levar os doentes a procurarem ajuda especializada no sentido do diagnóstico ou exclusão de cancro do cólon”.

O risco desta doença diminui com comportamentos de vida mais saudáveis, nomeadamente dieta rica em fibras, consumo reduzido de carnes vermelhas e álcool, não alterando no entanto a necessidade de colonoscopia de rastreio, passo fundamental para o diagnóstico precoce e prevenção.

Em 2021, o Serviço de Cirurgia Geral operou 166 doentes com cancro colorretal

O Serviço de Cirurgia Geral do Hospital de Braga é reconhecido pelo Ministério da Saúde como Centro de Referência na Área de Oncologia de Adultos para o Cancro do Reto, contando igualmente com uma Unidade de Cirurgia Colorretal que trata os cancros do cólon e reto.

Nesta área, e na última avaliação do SINAS da Entidade Reguladora da Saúde, o Hospital de Braga obteve na área de Cirurgia Geral (Cirurgia do Cólon), o nível máximo da classificação.

Em 2021, este Serviço operou 166 doentes em cirurgia eletiva, com 87% de cirurgia mini-invasiva e uma mediana de internamento de 4 dias. Em cirurgia urgente foram operados, nesse mesmo ano, 21 doentes, número que reforça a importância do rastreio do cancro colorretal.

A organização interna do Hospital de Braga e do Serviço de Cirurgia possibilita uma capacidade de resposta com garantia de primeira consulta num prazo inferior a uma semana; estudo e proposta de terapêutica num prazo de duas semanas, e inicio do tratamento após proposta num prazo máximo de três semanas, sendo que antes das duas semanas os doentes já iniciaram os tratamentos necessários (quimioterapia, radioterapia ou cirurgia).

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS