Terça-feira, Agosto 9, 2022
27.1 C
Braga
InícioRegiãoCelorico de BastoHeart Run voltou a realizar-se em Celorico de Basto 

Heart Run voltou a realizar-se em Celorico de Basto 

© Celorico de Basto

A corrida e caminhada pelo coração, Heart Run, realizou-se este sábado, em Celorico de Basto, no âmbito do mês dedicado à prevenção de doenças cardiovasculares. 

Cerca de 200 pessoas participaram nesta iniciativa que procura incentivar para a prática do exercício físico como forma de prevenção contra as doenças do “coração” como observou no início da prova a vereadora da Ação Social e Saúde do Município de Celorico de Basto, Maria José Marinho. “Esta iniciativa é a forma que os serviços encontraram para incentivar à prática do exercício físico, uma iniciativa que atrai sempre muitos participantes e que é cada vez mais participativa pela beleza do percurso e pela preocupação efetiva com a saúde. Efetivamente, verifica-se uma maior preocupação da população com a saúde, percetível com a alteração de comportamentos que se observam com a prática regular do exercício físico e uma alimentação mais saudável” observou a autarca. Maria José Marinho fez o percurso na integra, cerca de 8 kms, e mostrou-se deslumbrada com a paisagem. “Este é um percurso de uma beleza única com alguns quilómetros em ecopista, com um baixo grau de dificuldade. De facto, este concelho apresenta verdadeiros paraísos por si só inspiradores para a prática do exercício físico”, finalizou.

A prova apresenta um percurso em formato coração, e iniciou na Praça Cardeal D. António Ribeiro, seguindo pelo percurso habitual, com participantes a correr e a caminhar. Para a técnica da Unidade Móvel de Saúde do Município, Joana Teixeira, esta é a iniciativa com a maior abrangência geracional na campanha “maio, mês do coração” e “sensibiliza de forma concreta para a prática do exercício físico. O exercício físico reduz a pressão arterial, melhora o nível de colesterol, das lipoproteínas de alta densidade e de controlo de glucose no sangue, preserva ou potencia a mineralização óssea, e reduz o risco de cancro do cólon e da mama. Por outro lado, o exercício físico regular de intensidade pelo menos moderada reduz o risco de mortalidade e morbilidade, contribui para a preservação da função cognitiva e diminui o risco de depressão e de demência, diminui o stress e melhora a qualidade do sono, melhora a autoimagem e a autoestima, aumentando o bem-estar e o otimismo, e diminui o absentismo. Nas pessoas idosas o exercício físico está igualmente associada a uma redução do risco de queda e diminuição das limitações funcionais, em suma, múltiplas vantagens para todas as faixas etárias. Esta ação realiza-se há 7 anos e é sempre muito aguardada pelos participantes pelo percurso e pelo simbolismo. Durante este mês temos procurado sensibilizar para as doenças cardiovasculares, de diferentes forma e faixas etárias com o intuito de chegar a um público cada vez mais vasto, promovendo de forma efetiva a literacia para a saúde, e contribuindo assim, para ajudar a comunidade a viver mais tempo e com melhor qualidade de vida”. 

O exercício físico é uma das componentes mais importantes na adoção de um estilo de vida saudável, sendo evidentes os seus benefícios, quer na saúde individual, quer para a saúde pública.

No fim do mês, dia 31 de maio, será realizada, ainda no âmbito da campanha, maio mês do coração, uma palestra sobre “doenças cardiovasculares” com médicos especialistas a falar sobre o tema direcionada a toda a comunidade. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS