Domingo, Fevereiro 25, 2024
10.6 C
Braga
InícioRegiãoGuimarãesGuimarães proíbe remoção da vegetação na muralha da cidade

Guimarães proíbe remoção da vegetação na muralha da cidade

© CM Guimarães

A Muralha de Guimarães é um espaço habitualmente utilizado para a nidificação de espécies da família Apodidae, nomeadamente a espécie Apus apus, de nome comum andorinhão-preto. Trata-se de uma espécie estival em Portugal, que é observada entre os meses de maio e agosto, com período de nidificação entre os meses de maio e julho.

Durante esse período, a Câmara Municipal de Guimarães alerta que devem ser evitadas perturbações por atividades humanas junto dos locais de nidificação, motivo pelo qual o Município só autoriza qualquer tipo de intervenções dessa natureza após esse período. Esta interdição temporária tem como “objetivo minimizar a perturbação dos ecossistemas, assim como permitir a análise do seu impacte”.

“O Plano de Ação da Biodiversidade de Guimarães 2030, a concluir até final do ano, constituir-se-á como um instrumento importante para a alteração comportamental, consciencialização e conhecimento de todos cidadãos, com o objetivo de ser atingido um equilíbrio ambiental compatível com as ambições de Guimarães enquanto território ambientalmente sustentável, e em linha com as políticas públicas ambientais”, refere a autarquia vimaranense.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES