Terça-feira, Agosto 9, 2022
20.3 C
Braga
InícioBragaGrupo Érre alerta para o reforço na proteção digital das empresas

Grupo Érre alerta para o reforço na proteção digital das empresas

Ramiro Brito, CEO do Grupo Érre, que incorpora a Érre Technology

O Grupo Érre alertou hoje, dia da Internet Segura, para o reforço na proteção digital das empresas, em virtude da Vodafone Portugal ter sido alvo de um Ciberataque.

A empresa de Braga refere que, em Portugal, em 2021, foram detetadas centenas de milhares de ameaças de segurança a, por exemplo, contas de email pessoais e de empresas, com especial destaque para as tentativas de phishing e exploit de vulnerabilidades e envio de executáveis com código malicioso, apelando para a aposta nos serviços de avaliação, manutenção e proteção de dados e de sistemas.

Ramiro Brito, CEO do Grupo Érre que incorpora a área de negócio de IT através do selo Érre Technology, aproveitou o momento para alertar para a necessidade de reforço nas medidas de segurança numa era cada vez mais digital. “Do ponto de vista empresarial temos assistido à multiplicação destes ataques e violações com impacto direto na economia, na vida das empresas e, por consequência, na vida das pessoas. O criminoso do século XXI pode ser o rapaz aparentemente inofensivo, que se senta todos os dias ao nosso lado com um computador na mão, aparentemente alheado do resto do mundo e que movimenta interesses, assalta informação, entra nas nossas contas bancárias, movimenta dinheiro, enfim, vasculha tudo e todos”, começa por afirmar o empresário de Braga.

“A nós, entidades de consultoria que trabalham nestas áreas, cabe-nos olhar para este processo como um processo de aprendizagem contínuo, permanente e inesgotável, para podermos sempre estar numa posição de sermos úteis e eficientes no combate e na prevenção deste tipo de criminalidade. As empresas de IT do século XXI acabam por ser agentes privados e estruturais na prevenção deste tipo de ataques, bem como fundamentais na reação e estruturação dos recursos de defesa necessários do futuro”, assegura Ramiro Brito, reforçando a premência dos serviços de Vulnerability Assessment, de implantação de medidas mitigadoras e de operacionalização de gestão de sistemas desenvolvidos pela Érre Technology, uma empresa de tecnologias de informação com vasta experiência em Portugal e nos países africanos.

“Este é o momento de aproximarmos o nosso tecido social numa ação de responsabilização, informação e ação conjunta para que isto não se torne num flagelo global”, apela Ramiro Brito.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS