Governo quer reabrir pequeno comércio, cabeleireiros e creches em maio
Segunda-feira , Setembro 28 2020 Periodicidade Diária nº 2588
Principal / Notícias / Governo quer reabrir pequeno comércio, cabeleireiros e creches em maio

Governo quer reabrir pequeno comércio, cabeleireiros e creches em maio

Na renovação do Estado de Emergência anunciada esta quinta-feira, 16 de abril, o Primeiro-Ministro, António Costa, afirmou que em maio é necessário “começar pelo pequeno comércio”, serviços públicos e creches, antes de avançar para as lojas e grandes superfícies. As grandes empresas terão que dividir os seus trabalhadores por turnos ou alternar as semanas.

António Costa referiu, ainda, que a restauração e o comércio “são importantes para a economia local”, sendo que o pequeno comércio junta menos pessoas. Por outro lado, os cabeleireiros e barbeiros terão de ter maiores cuidados com normas específicas de proteção.

Além dos pequenos comércios e serviços, o Primeiro-Ministro avançou que no próximo mês o desporto, equipamentos culturais e espetáculos ao ar livre poderão voltar à sua atividade com lotação fixa e lugares marcados para respeitar o distanciamento social necessário e usar máscaras de proteção.

O levantamento das medidas é gradual e o teletrabalho irá manter-se. Quanto ao setor do Turismo, as fronteiras continuarão a ter restrições, além da recomendação para os portugueses fazerem, este ano, férias dentro do país para ajudar este setor e a economia.