Sexta-feira, Maio 20, 2022
15 C
Braga
InícioBraga“Filatelia do Mundo. Entre a Fauna e Flora” em exposição no Palácio...

“Filatelia do Mundo. Entre a Fauna e Flora” em exposição no Palácio do Raio

DR

O Município de Braga, em parceria com o Centro Interpretativo das Memórias da Misericórdia, inaugura na próxima quinta-feira, 27 de janeiro, no Palácio do Raio, a exposição “Filatelia do Mundo. Entre a Fauna e Flora”, que reúne uma mostra de selos de todo o mundo. A exposição pode ser visitada até 12 de fevereiro.

É da genialidade de um bracarense que nasce uma das mais belas coleções de Filatelia na esfera da fauna e flora. João Rogério Gaspar Lemos de Medeiros fez uma “viagem” pelo mundo sem sair de Braga e conseguiu reunir alguns dos mais belos selos postais sobre a vida natural. Apaixonado por filatelia, a partir da correspondência por carta, comunicou com conhecidos e amigos em todos os cantos do mundo, conseguindo reunir uma imensa colecção de selos que são hoje uma verdadeira relíquia para todos quantos apreciam a filatelia. Assinalam-se cem anos do nascimento do coleccionador que, de forma tão minuciosa, compilou um pouco da esfera natural em pequenos álbuns, deixando um espólio único.

Para Altino Bessa, vereador da Câmara Municipal de Braga, “é impossível ficar indiferente a uma coleção desta qualidade, principalmente quando remete para uma temática tão particular. Impressiona a destreza e capacidade organizacional de compilar todos estes selos, mas também a selecção rigorosa e as temáticas escolhidas pelo colecionador”.

O vereador explica também que “estamos perante um manancial raro de selos e revelador das relações interculturais já existentes à época”. “Chegaram por correspondência, estiveram anos guardados e agora é tempo de os mostrar à cidade. De Macau à Suíça, somos convidados a conhecer a fauna e flora do mundo através da Filatelia. Do mundo para Braga e agora de Braga para o mundo, esta colecção pode ser apreciada por todos e, com esta coleção, pretendemos mostrar a beleza e a magnitude da biodiversidade a partir dos selos postais. Trata-se de um processo de recolha e partilha que se pode chamar de interculturalidade ambiental, pela multiplicidade de espécies e correspondência entre diferentes nacionalidades”.

A partir desta exposição pretende-se também sensibilizar para a preservação da biodiversidade e valorização dos ecossistemas naturais, tema que nunca, como hoje, foi tão premente.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS