Terça-feira, Janeiro 31, 2023
3.3 C
Braga
InícioRegiãoCelorico de BastoFesta da família juntou teatro, arte e histórias em Celorico de Basto

Festa da família juntou teatro, arte e histórias em Celorico de Basto

© CM Celorico de Basto

Famílias inteiras juntaram-se no Mercado Municipal, em Celorico de Basto, para usufruir de momentos culturais promovidos pelo CLDS 4G Celorico+Social, em parceria com o Município, no âmbito a sua intervenção ao nível familiar e parental.

A manhã começou com a peça de teatro “a Manta” apresentada pela Tin.Bra Academia de Teatro e que salientou a importância dos afetos numa clara alusão à Avó e a sua ligação aos netos. De seguida, foram todos convidados a integrar os ateliers de arte, diferentes manifestações artísticas como pintura, cerâmica, escultura e mosaico em cacos.

O dia contou ainda com três workshops promovidos pelos Bombeiros Voluntários Celoricenses, “ensinamentos que podem salvar vidas”, como a desobstrução da via aérea, chamada para o 112 e Suporte Básico de Vida. A tarde terminou com uma contadora de histórias, dos Centelha Criativa, a contar vários contos sobre várias temáticas para miúdos e graúdos.

Para a vereadora da Educação e Saúde do Município de Celorico de Basto, Maria José Marinho, “hoje as famílias puderam desfrutar da cultura num contexto pedagógico e lúdico, onde se privilegiou o contacto intergeracional e a aquisição de conhecimentos que podem fazer a diferença no dia-a-dia. A festa da família integrou-se em pleno na Feira anual da Sta. Catarina, um complemento diferente mas atrativo para muitas famílias”.

A Festa da Família integra o plano de intervenção ao nível familiar e parental do programa CLDS 4G Celorico+Social e procurou atrair as famílias “que por norma vêm à Feira Anual de Sta. Catarina, a viver experiências diferentes e marcantes” como nos disse a Coordenadora do programa, Elisabete Coelho. “Falamos de emoções, muitas vezes reprimidas no íntimo das crianças, considerando a proximidade que usualmente os avós têm com os netos e marcas tão positivas que deixam, transparecendo nos momentos de saudade muitas vezes difíceis de lidar. Contamos histórias permitindo que miúdos e graúdos pudessem viajar pelo mundo de encantar, e promovemos ações que ensinam a salvar vidas. A participação foi muito positiva e mostrou que as famílias estão cada vez mais recetivas à cultura, ao conhecimento, à partilha”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS