Sexta-feira, Dezembro 3, 2021
7.2 C
Braga
InícioRegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão vai plantar 730 novas árvores no Parque da Devesa

Famalicão vai plantar 730 novas árvores no Parque da Devesa

CM Famalicão

Mário Passos, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, plantou simbolicamente a primeira de 730 árvores que serão plantadas até ao final de novembro, no âmbito do projeto paisagista para a valorização do ecossistema do Parque da Devesa. Acompanhado pelo novo vereador do Ambiente, Hélder Pereira, o presidente da autarquia referiu a importância desta ação ambiental, para a reflorestação do concelho, para cumprimento das metas ambientais e da neutralidade carbónica. 

O trabalho de plantação das 730 árvores envolve um investimento municipal de cerca de 73 mil euros e tem como objetivo aumentar e diversificar a área arbórea do grande pulmão verde da cidade. Embora este projeto abranja todo o parque, nesta fase serão intervencionadas as orlas do parque e a zona do lago, ficando a zona mais central para época posterior, onde está prevista a plantação de mais de 1000 árvores.

“Existem zonas do parque que precisam de ser preenchidas, que estão neste momento despidas de árvores, e depois sabemos que enquanto seres vivos, existem árvores que morrem e, com esta ação estamos a preparar uma nova geração de árvores”, explicou Mário Passos, que salientou ainda a “pluralidade da plantação que sugere um ecossistema diverso”.

Neste âmbito, a coordenadora do Parque da Devesa, Manuela Araújo, explicou que “serão criadas diversas zonas, chamadas de matas, com várias espécies”, nomeadamente a mata autóctone mista; mata de ripícolas, mata temperada euroamericana, mata das americanas, pinhal, mata de ciprestes e escamiformes.

O projeto paisagista propõe a consolidação de diversos habitats do parque, a partir do levantamento das espécies arbóreas dominantes em cada área. Assim, e nas zonas a intervir nesta fase serão plantadas mais de 50 espécies diferentes. A plantação destas novas árvores vai adensar e diversificar a estrutura arbórea da Devesa, criar mais zonas de sombra ao longo do parque e, consequentemente, mais áreas de estadia e convívio, e promover a biodiversidade abrigando uma maior quantidade e diversidade de espécies de fauna. No futuro, esta ação vai também significar uma maior produção de oxigénio, uma maior captura de dióxido de carbono e um aumento da capacidade de purificação do ar.

Mário Passos aproveitou a oportunidade para lembrar que “temos em curso o projeto de plantação de 25 mil árvores que ficará praticamente concluído com a plantação destas árvores”. Com isso, Mário Passos lança um novo objetivo: “até 2030 queremos mais 30 mil árvores no concelho”.

Teste BTV

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS