Quinta-feira, Abril 25, 2024
13.3 C
Braga
RegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão vai concessionar terrenos do estádio para garantir nova casa para o...

Famalicão vai concessionar terrenos do estádio para garantir nova casa para o clube

© Futebol Clube de Famalicão

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai concessionar os terrenos do estádio para garantir uma nova casa para o clube.

O Município pretende desafiar, através da abertura de um concurso público internacional, investidores e promotores privados a “olharem” para os terrenos onde estão implantados o Estádio Municipal e o campo de treinos e a desenvolverem uma proposta imobiliária que inclua a construção do novo estádio municipal e outras valências destinadas a comércio e serviços, um polivalente municipal e um novo parque de estacionamento subterrâneo.

A estratégia encontrada pela autarquia famalicense para a construção do futuro Estádio Municipal, que passará pela concessão dos terrenos por um período de tempo a definir após a conclusão dos estudos de avaliação e de viabilidade económico financeira, foi hoje transmitida pelo presidente da Câmara Municipal à direção do clube e SAD do Futebol Clube de Famalicão, José Pina Ferreira e Miguel Ribeiro.

Na reunião desta terça-feira, que decorreu nos Paços do Concelho, Mário Passos apontou o início do segundo semestre deste ano para o arranque do procedimento concursal, adiantando que “é vontade da Câmara Municipal que a construção de todo o empreendimento comece ainda no ano de 2025”.

Mário Passos acredita que a solução encontrada vai “dar uma nova centralidade a esta área nobre da cidade”. “Conseguimos valorizar o espaço urbano e manter o Estádio Municipal no mesmo local, dotando-o de condições ajustadas a uma equipa de topo do futebol nacional e internacional, tudo isto sem investimento financeiro municipal associado”, disse o autarca.

O presidente da Câmara Municipal deu conta de que “há uma vasta equipa técnica a trabalhar na elaboração do programa-base, na avaliação imobiliária e nos estudos necessários à abertura do concurso público internacional”.

A contrapartida que o Município está disposto a conceder aos promotores é a cedência dos terrenos em questão por um determinado período de tempo, findo o qual os terrenos e os equipamentos construídos regressam à esfera municipal.

“Durante o período de concessão, o promotor, de acordo com o seu plano de negócios, poderá explorar comercialmente as infraestruturas criadas, sendo que será clausula obrigatória que o estádio a construir seja para usufruto do Futebol Clube de Famalicão”, explica a Autarquia.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES