Sexta-feira, Junho 14, 2024
16.2 C
Braga
RegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão quer formação como parceira da competitividade do território

Famalicão quer formação como parceira da competitividade do território

Município, entidades formadoras e empresas do concelho celebram Pacto para as Competências Digitais.

© CM Famalicão

O Município de Famalicão celebrou, na quinta-feira, um pacto com mais 26 instituições e empresas do concelho para a implementação de ações de formação para dotar o território de mais competências digitais.

A iniciativa tem como objetivo promover a (re)qualificação de competências digitais entre os residentes e/ou ativos empregados e desempregados no Município de Vila Nova de Famalicão, capacitando-os para os desafios do mercado de trabalho atual e futuro, fomentar a integração das tecnologias digitais nas empresas locais, através da formação e atualização dos seus colaboradores assim como, estimular a criação de um ecossistema digital dinâmico e inovador no Município de Vila Nova de Famalicão, impulsionando o desenvolvimento económico e social.

Este programa visa a implementação de ações de capacitação e formação sobre competências digitais, desde as mais básicas e de formação inicial até ao desenvolvimento de ações que promovam novos conhecimentos sobre a inteligência artificial, promovendo a qualificação de competências digitais entre a população, capacitando-a para os desafios do mercado de trabalho e para a integração das tecnologias digitais nas empresas.

O Município vai disponibilizar uma equipa de colaboradores para que junto das empresas possa definir as necessidades de formação, adequar a oferta formativa e promover ações qualificantes conformes essas necessidades, requalificando recursos humanos internos ou promovendo ações para competências em áreas que necessitem contratar.

No universo empresarial não há dúvidas sobre “a importância da formação nestas áreas para o futuro, tendo como exemplo os desafios da inteligência artificial e a forma como vamos aplicar a ferramenta no dia-a-dia das empresas”, aponta Vitor Freitas, administrador da Leica.

Neste contexto, o Pacto para as Competências Digitais, elaborado pela autarquia em parceria com o IEFP, o CESAE Digital, a ACIF, o IPCA, a CESPU, o CITEVE e quase duas dezenas de empresas do concelho, será um programa que resulta de uma auscultação prévia das necessidades das empresas.

“É um bom exemplo do compromisso destas entidades para com o território, que de uma forma articulada, apostam na área da formação que hoje é fundamental para as empresas do concelho que incorporam cada vez mais tecnologia, investigação e desenvolvimento no que produzem”, aponta o presidente da Câmara, Mário Passos.

O autarca salientou que a iniciativa é o “cumprir das políticas municipais de promoção da qualificação e aprendizagem ao longo da vida”, criando e alargando oportunidades de qualificação para impulsionar a competitividade, a produtividade e o talento impulsionando o desenvolvimento económico e social.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES