Sábado, Maio 21, 2022
27.2 C
Braga
InícioRegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão lança projeto “Life” para minimizar efeitos das alterações climáticas

Famalicão lança projeto “Life” para minimizar efeitos das alterações climáticas

© CM Famalicão

O projeto “Life – Natural Adapt 4 Rural Areas”, promovido pelo município de Vila Nova de Famalicão para a minimização das alterações climáticas no território, está no terreno.

A recuperação de um tanque de grandes dimensões na Etar de Agra, no Rio Ave, e a sua transformação numa Fito Etar – uma espécie de ilha flutuante em cortiça onde crescem plantas que ao se desenvolverem absorvem uma quantidade muito grande de nutrientes poluentes, permitindo a reutilização das águas residuais na agricultura – é uma das ações mais inovadoras do projeto.

O presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, esteve recentemente na freguesia de Fradelos onde teve a oportunidade de visitar a área de intervenção do projeto, que apresenta um custo elegível de 1,8 milhões de euros e viu aprovado um apoio na ordem de 1 milhão no âmbito de uma candidatura apresentada em parceria com as Águas do Norte ao programa “Life” da União Europeia.

O edil de Famalicão enalteceu o desenvolvimento deste projeto em Vila Nova de Famalicão. “Ações como esta urgem nos tempos que correm. Temos que olhar para o nosso território e perceber o que podemos fazer para proteger o meio ambiente e reduzir a pegada ecológica. Este projeto é a prova de que esta é uma das nossas principais preocupações políticas”, referiu.

O “Life – Natural Adapt 4 Rural Areas” destaca-se ainda pelas soluções apresentadas baseadas no ecossistema, isto é, na replicação e aproveitamento dos “serviços” que a natureza providencia naturalmente.

Assim, outra das ações previstas é a recuperação de habitats naturais que têm a capacidade de reter a água e infiltrá-la nos lençóis freáticos, evitando assim o efeito das cheias a montante e aumentando a quantidade de água nos lençóis para utilização durante o verão, em períodos de seca. Esta ação diz, essencialmente, respeito à recuperação de dois ecossistemas, um na Ribeira de Fradelos e outro nas Charcas.

Com a implementação destas ações, prevê-se que o projeto contribua para os objetivos climáticos, nomeadamente no que diz respeito a um melhor desempenho ambiental e climático pela redução de resíduos, maior resiliência a inundações, melhoria da qualidade das águas residuais para reutilizações económicas e humanas.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS