Segunda-feira, Maio 20, 2024
17.8 C
Braga
RegiãoVila Nova de FamalicãoFamalicão inaugura salas de integração multissensorial para cidadãos com necessidades especiais

Famalicão inaugura salas de integração multissensorial para cidadãos com necessidades especiais

© CM Famalicão

Famalicão tem duas novas salas multissensoriais dirigidas aos cidadãos com necessidades especiais. Os novos espaços, inaugurados na passada sexta-feira, estão instalados no Centro Social das Lameiras, sob tutela da Associação de Moradores das Lameiras (AML), e destinam-se a crianças, jovens e adultos que apresentem carências ao nível da integração multissensorial.

O presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, destaca que “há poucos concelhos a conseguir dar este tipo de resposta e, em Famalicão, estamos a conseguir criar uma rede descentralizada de respostas sociais dirigidas a crianças, jovens e até seniores que apresentem necessidades especiais, em concertação com parceiros sociais do concelho”.

O edil acrescentou que “à medida que vamos disponibilizando estes instrumentos terapêuticos, mais pessoas poderão ser sinalizadas e ajudadas, e, por conseguinte, melhorar a sua qualidade de vida e bem-estar”.

“Era um sonho antigo”, afirmou o presidente da Associação de Moradores das Lameiras, Jorge Faria, a propósito das novas salas multissensoriais. “Agora a ideia será desenvolver parcerias com instituições sociais e educativas locais que necessitem de nós”, referiu.

As duas novas salas multissensoriais da AML destinam-se a crianças, jovens e adultos com necessidades educativas especiais, tratando-se de um espaço terapêutico com vista a intervenção ao nível das experiências sensoriais – audição, visão e tato -, num ambiente preparado e adequado a cada pessoa visada e com o apoio de técnicos especializados.

A instalação desta valência no Centro Social das Lameiras implicou um investimento na ordem dos 120 mil euros, da parte da AML, com uma comparticipação municipal no valor de 45 mil euros.

Já existe em Vila Nova de Famalicão uma sala de integração multissensorial no Centro de Recursos Educativos, uma valência municipal instalada no Centro de Investigação, Inovação e Ensino Superior (CIIES), em Vale São Cosme, e na ACIP – Ave Cooperativa de Intervenção Psico-Social, em Joane.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES