Domingo, Junho 23, 2024
24.5 C
Braga
CulturaExposição "Regresso às Pontes de Guimarães" para ver na Escola Secundária Francisco...

Exposição “Regresso às Pontes de Guimarães” para ver na Escola Secundária Francisco de Holanda

Regresso às Pontes de Guimarães © CM Guimarães

No final da tarde desta quinta-feira teve lugar o momento inaugural da programação da edição de 2023 das Festas da Cidade e Gualterianas, com a inauguração da exposição de fotografia “Regresso às Pontes de Guimarães”, uma organização da Muralha – Associação de Guimarães para a Defesa do Património. O trabalho apresentado é o resultado do olhar, de perspetiva documental, do fotógrafo vimaranense Miguel Oliveira.

Nas intervenções protocolares, Paulo Lopes Silva, vereador da Cultura, referiu-se ao simbolismo que pode ser encontrado no título da exposição, referindo as pontes que se criam entre as pessoas, entre passado e presente, entre as várias instituições que, em Guimarães, tornam possível acontecimentos como é o caso do alcançado com a riqueza da programação das Festas da Cidade e Gualterianas, que são fruto de organizações provenientes do tecido associativo e cultural da cidade.

Paulo Lopes Silva referiu, ainda, “o papel importante da associação Muralha nas Festas, mas também ao longo de toda a sua existência, na defesa do património material e imaterial do concelho de Guimarães”. “A Muralha tem sempre uma seleção de temas muito ligados à nossa identidade, à identidade vimaranense. Este ano, a ligação ao rio e à diversidade é muito pertinente, agora que somos cidade finalista ao título de Capital Verde Europeia”, frisou.

Rui Vítor Costa, presidente da Muralha, justificou a escolha do tema com base na ideia de “regresso ao concelho”, para que as festas possam também expandir-se para além da cidade, e também como homenagem ao Dr. Francisco Conceição que, em 2010, pensou a primeira exposição sobre o tema das pontes do concelho. O presidente da Muralha lembrou que a associação já tem 39 anos de experiência de participação na programação das Gualterianas, e que o seu objetivo é dar a conhecer e defender o património vimaranense.

“Regresso às Pontes de Guimarães” é um documento fotográfico realizado por Miguel Oliveira para a Associação Muralha. A exposição pode ser visitada na Escola Secundária Francisco de Holanda até 15 de setembro.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES