Terça-feira, Maio 28, 2024
28.7 C
Braga
RegiãoEsposendeEsposende recebe Festival de Teatro de Rua

Esposende recebe Festival de Teatro de Rua

© CM Esposende

A Praça do Município, em Esposende, acolhe, entre os próximos dias 25 e 27 de agosto, o Festiteatro – Festival de Teatro de Rua que, nesta edição, apresenta a novidade de incluir no programa duas produções dedicadas à infância.

A sétima edição do evento contempla seis espetáculos, todos com acesso livre, com apresentações às 15:00 e às 22:00. Contudo, na edição da noite, a animação arranca mais cedo, às 21:30, com Rui Ferreira, que protagoniza “Oli’ginal”, um desenrolar de situações criadas com e para o público. Oli sai á rua e através da sua sensibilidade e destreza começa uma viagem poética movida pelo circo e inspirada no cinema mudo. Um espetáculo “oliginal”, de linguagem universal.

Na sexta-feira, dia 25, Rui Paixão apresenta GODOT, esta que foi a sua primeira criação. Um palhaço de cabelo verde que invadia o espaço público para o pôr do avesso através da interação com o público e a improvisação. Em 2019, ao fim de cinco anos de tour, Rui Paixão decidiu acabar com esta personagem para se juntar ao Cirque du Soleil e prometeu a si próprio ressuscitá-la um dia. Acontece em 2023 o regresso deste espetáculo e desta personagem, com o pretexto da sua vontade de voltar às origens e de retomar uma forma de arte direta, bruta e efervescente.

Para a infância, é apresentado no sábado, dia 26, às 15:00, o teatro CUBO, pelo Elefante Elegante. Este é um espetáculo de fantasia, humor e poesia visual para público familiar a partir dos 4 anos. Num misterioso CUBO de madeira, duas personagens muito diferentes conseguem viver em harmonia, mas um dia uma delas decide ir mais além: quer viajar em busca de novas perguntas e descobrir o mundo inteiro. À noite, às 22:00, Javi Javichy protagoniza “Velo como el Rayo”, um espetáculo que trata das aspirações de um trabalhador comum, que sonha em se tornar alguém especial. O seu desejo é deixar de lado todos os seus medos e mostrar que é capaz de fazer o que realmente faz. Sente e ama. A história passa-se num dia de trabalho de um assistente de teatro, que, quando o artista não chega a tempo de representar, tenta fazer com que o espetáculo continue, conseguindo transmitir valores e viver situações-limite que terá de resolver.

A dose dupla repete-se no domingo, dia 27, último dia do Festiteatro. Às 15:00, os mais pequenos poderão assistir à “Pequena CircOOnferência”, apresentada pelo Radar 360º. Esta é uma conferência sobre o circo. A performance flutua entre o rigor histórico da História do Circo Europeu e a dimensão onírica de um historiador que aspira ser um artista de Circo. Inspirados nos diferentes registos bibliográficos, fomenta-se a vontade de ficcionar uma história, a partir dos factos da sua própria história! O percurso não é linear, e a ideia é agitar, fazer refletir, formar massa crítica. A encerrar esta edição, às 22:00, o Circo Chosco apresenta o teatro “OH-PERA”. Dois personagens chegam a um lugar vazio, para preenchê-lo e mudar tudo. Através da música, começam a acontecer uma infinidade de situações diversas. O jogo aparece na forma de um circo em que o amor, o humor, o risco, se desenvolvem de forma única. Assim como seria um filme sobre as nossas vidas… Tudo muda e avança.

Este evento é promovido, em coprodução com a Associação Itinerantenredo, pelo Município de Esposende, no âmbito do CREARTE, projeto que visa incentivar o crescimento da arte teatral no concelho e através do qual os grupos locais de teatro amador têm tido a oportunidade de desenvolver produções e de fazer a sua apresentação em vários espaços do concelho. Recentemente, integrado nas comemorações dos 450 anos de Esposende, atores e atrizes dos grupos de teatro amador do concelho protagonizaram o teatro de revista “Venturas & Desventuras”, uma produção de grande qualidade e que muito agradou ao público que teve oportunidade de assistir.

Outra das variantes deste projeto é o Teatro de Rua, onde os espetáculos vão ter com o público, no caso o Festiteatro. Este evento pretende motivar e dar a conhecer novas possibilidades criativas de Teatro de Rua, bem como criar condições que garantam aos cidadãos o acesso às artes e à cultura no espaço da rua.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES