Quinta-feira, Maio 13, 2021
15.4 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeEsposende acolhe e integra refugiados

Esposende acolhe e integra refugiados

CM Esposende

Foi firmado um protocolo que estabelece os pressupostos de acolhimento de refugiados no Município de Esposende, envolvendo a Câmara Municipal e a Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente (ADOLESCERE) que desenvolve, em parceria com o Alto Comissariado para as Migrações (ACM), respostas dirigidas a famílias refugiadas, recém-chegadas a Portugal.

O Município de Esposende acolheu, recentemente, um grupo de 21 refugiados provenientes da Síria e do Iraque, estando previsto, para 20 de maio, a chegada de um segundo grupo. Assim, a Autarquia assume o compromisso de parceria ativa com a entidade que constitui a rede de serviços de acolhimento e integração das comunidades de refugiados, a ADOLESCERE, por via do seu projeto ACOLHER FÃO.

Para o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, esta colaboração potencia a projeção de Esposende enquanto “território multicultural de horizontes alargados”, na medida em que “o acolhimento de pessoas necessitadas de ajuda será promotor da interculturalidade e um contributo para a construção do concelho”.

De resto, Benjamim Pereira entende que “as ferramentas que o município tem implementadas no terreno, principalmente na área social”, adequam-se ao trabalho que agora será desenvolvido com os refugiados. “Temos diversos projetos de dinamização social, na vertente cultural, que devem ser elemento agregador destes novos habitantes do concelho”, defendeu Benjamim Pereira.

Para a Alta Comissária para as Migrações, Sónia Pereira, “o trabalho das autarquias é fundamental, quando se trata de preparar a chegada de refugiados. A Câmara Municipal de Esposende assumiu esse compromisso fundamental”.

Já Carla Fernandes, presidente da ADOLESCERE enalteceu o trabalho conjunto que foi desenvolvido com a Câmara Municipal de Esposende, “para criar as melhores condições para acolher estas famílias”.

Através do protocolo de colaboração, o Município de Esposende compromete-se a dinamizar ações que favoreçam uma maior e melhor integração da população refugiada, articulado em áreas tão diversificadas da rede local de proximidade. Serão implementadas estratégias de proximidade entre as pessoas imigrantes e a comunidade de acolhimento, contemplando atividades que permitam e estimulem o respeito, a diversidade e convivência multicultural.

O protocolo prevê o atendimento personalizado e de proximidade às pessoas refugiadas e acompanhamento das atividades e projetos a desenvolver pela ADOLESCERE.

O projeto ACOLHER FÃO, incidirá na capacitação da pessoa no seu processo de acolhimento e integração, com a ADOLESCERE a promover o diálogo entre diferentes grupos culturais e étnicos, com as diferentes entidades públicas e privadas.

Com o objetivo de reforçar a integração da pessoa refugiada em contexto escolar e consolidar o domínio da língua portuguesa das pessoas refugiadas serão potenciadas oportunidades de aprendizagem da língua portuguesa.

Apoie o jornalismo.

A Braga TV é um canal de informação independente. Todas as notícias e conteúdos são e continuarão a ser disponibilizados gratuitamente.

Para continuar a oferecer um serviço de informação de referência na região, precisamos do apoio dos nossos leitores para continuar a desempenhar o nosso papel de informar.

Precisamos do seu contributo, caro leitor.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS