Quarta-feira, Outubro 20, 2021
18.4 C
Braga
InícioCulturaEspetáculo “Local” estreia em Barcelos no domingo

Espetáculo “Local” estreia em Barcelos no domingo

DR

É no próximo domingo, 27 de junho, às 19:00, que vai estrear O espetáculo “Local”, a nova criação do Instituto Nacional das Artes do Circo – INAC, promovida no âmbito do projeto “Quadrilátero Cultural”.

O espetáculo vai decorrer na Frente Ribeirinha, em Barcelos, e é de entrada livre, mas sujeita a reserva, que deve ser efetuada na bilheteira do Theatro Gil Vicente ou através do contacto telefónico 253809694 ou do e-mail [email protected]. O levantamento de bilhete é obrigatório e deverá ser efetuado entre 1 hora e 15 minutos antes do início do espetáculo, no local do evento. A lotação é limitada em conformidade com as regras da Direção-Geral da Saúde e as reservas perdem a validade 15 minutos antes do início do espetáculo

O projeto Quadrilátero Cultural integra quatro conceitos artísticos em circulação pelos quatro Municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães. Famalicão irá apresentar o circo contemporâneo e recebe o Ciclo de Piano Contemporâneo de Braga, a dança contemporânea de Guimarães e “Instrumentistas de Exceção” de Barcelos.

O espetáculo “Local” pretende continuar a renovar o conceito de apresentação de circo contemporâneo em espaços não convencionais, criando relação cenográfica e de proximidade com o público e com as cidades, relacionando-se também com o seu património. “Local” é uma reflexão sobre isso mesmo, mas também sobre a ancestralidade dos territórios onde serão apresentados, encontrando os pontos de encontro entre as várias cidades, o que as une e foi separando ao longo do tempo, através da expressão de uma prática artística que une também disciplinas artísticas e estéticas.

Esta criação, que conta com direção artística e encenação de Bruno Machado e Juliana Moura e interpretação de artistas nacionais e internacionais (Diogo Santos, Mau Jara, Pietro Barilli, Gaspar Ribeiro, Victor Abreu, Martina Mugheddu), cenografia de André Filipe Santos, composição musical de Luca Argel, é também ela um cruzamento de referências, nacionalidades e experiências, cuja fusão resultará na experimentação de um objeto artístico incomum, em espaços de apresentação incomuns e do dia a dia dos habitantes e visitantes, como são o anfiteatro do Parque da Devesa, em Famalicão, ou os locais dos centros históricos como são o Campo de São Mamede, em Guimarães, o Parque da Ponte, em Braga, e a Frente Ribeirinha, em Barcelos, que prometem imagens únicas.

O Quadrilátero Cultural é um projeto financiado pelo programa operacional NORTE 2020, através do FEDER [Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional]

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS