Sexta-feira, Janeiro 27, 2023
12 C
Braga
InícioAtualidadeEscola de Letras, Artes e Ciências Humanas da UMinho comemora 47 anos

Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas da UMinho comemora 47 anos

© UMinho

A Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas (ELACH) da Universidade do Minho assinala o seu 47º aniversário esta quarta-feira, dia 14 de dezembro, às 14:30, no auditório B1 do campus de Gualtar, em Braga. O evento tem entrada livre e pode ser também acompanhado online.

A sessão solene abre com uma breve evocação a Vítor Aguiar e Silva (1939-2022), nome maior da universidade portuguesa e dos estudos literários, que na UMinho foi vice-reitor e professor emérito e catedrático da ELACH, na qual fundou o Centro de Estudos Humanísticos e viu o seu nome atribuído à biblioteca da Escola.

O programa prossegue depois com o discurso do Presidente da ELACH, João Cardoso Rosas, a entrega de prémios escolares, a peça teatral “Conflito” e uma atuação do Coro de Alunos de Música da UMinho, intercalados por momentos de poesia. A sessão de encerramento conta com uma intervenção do Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro.

Sobre a ELACH

A ELACH conta com cerca de 1400 estudantes em oito licenciaturas, onze mestrados e cinco doutoramentos em Braga e Guimarães, além de várias dezenas de docentes, investigadores e técnicos em atividades de ensino, investigação e ligação à comunidade. A Escola é formada por sete Departamentos (Estudos Asiáticos, Estudos Germanísticos e Eslavos, Estudos Ingleses e Norte-Americanos, Estudos Portugueses e Lusófonos, Estudos Românicos, Filosofia, Música) e por dois centros de investigação (CEPS – Centro de Ética, Política e Sociedade e CEHUM – Centro de Estudos Humanísticos).

Aposta no desenvolvimento das artes, da cultura humanista e do pensamento crítico e fomenta a valorização (inter)nacional da língua portuguesa. Promove ainda o multilinguismo e a criação de um ambiente multicultural, dedicando especial atenção à inovação, à interdisciplinaridade e à cooperação internacional, através de parcerias em todos os continentes.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS