Devotos mantêm tradição com romaria ao São Bentinho às quintas-feiras
Sábado , Outubro 24 2020 Periodicidade Diária nº 2614
Principal / Cultura / Devotos mantêm tradição com romaria ao São Bentinho às quintas-feiras

Devotos mantêm tradição com romaria ao São Bentinho às quintas-feiras

Foto: Duarte Prestes

A Capela de São Bentinho, localizada nas traseiras do antigo Hospital de São Marcos, atual Hotel Vila Galé, continua a receber inúmeros romeiros às quintas-feiras, romaria que se mantém para os devotos pagarem as suas promessas.

De acordo com José Carneiro, devoto de São Bentinho, esta romaria na quinta-feira é já uma tradição antiga onde os fiéis cantavam “Oh meu São Bentinho” quando visitavam o Santo na Capela. “As quadras de São Bentinho são populares e recordo-me de as ouvir cantar pelos “romeirinhos” que vinham às quintas-feiras dos arredores da cidade para cumprir as promessas ao Santo”.

Esta romaria à quinta-feira tem vários significados, sendo uma delas “a devoção das primeiras quintas-feiras durante os 5 primeiros meses com a devoção das 5 Chagas de Cristo, à semelhança do culto da Beata Alexandrina de Balazar”, explicou José Carneiro.

A Capela de São Bentinho é propriedade da Misericórdia, datada do século XVIII, tendo sido construída pelo arquiteto André Soares e pintada por António Neto. A Capela situa-se numa rua estreita com casas seiscentistas e setecentistas e é diariamente visitada pelos seus devotos. O seu interior é composto com retábulo de talha policromada a azul e branco com decoração dourada. A planta é côncova e no seu altar estão representados, num grande painel pintado, São Bento, Nossa Senhora da Luz e São Bernardo.

Cântico a São Bentinho:

“Oh meu São Bentinho
de trás do hospital
tu deste a saúde
a quem estava mal

A quem estava mal
e aos outros também
oh meu São Bentinho
para sempre amen

Oh meu São Bentinho
de lado de lá da ponte
onde puseste o pé
nasceu uma fonte

Oh meu São Bentinho
velinhas a arder
se as velas se apagarem
voltai-as a acender.”