Domingo, Maio 26, 2024
14.6 C
Braga
BragaCasas em Braga ficaram mais caras 1,8%

Casas em Braga ficaram mais caras 1,8%

Comprar casa em Braga custa agora 1.794 euros/m2.

© BragaHabit

Comprar casa em Braga ficou 1,8% mais caro no primeiro trimestre deste ano, passando agora a custar 1.794 euros/m2.

Os preços das casas em Portugal subiram 1,9% no primeiro trimestre do ano face ao trimestre anterior. Segundo o índice de preços do idealista, comprar casa tinha um custo de 2.610 euros por metro quadrado (euros/m2) no final do mês de março deste ano, tendo em conta o valor mediano. É um cenário visível em quase todo o território português, já que as casas ficaram mais caras em 13 capitais de distrito, entre janeiro e março, com Vila Real a liderar as subidas (8,7%). Os preços das casas subiram em Lisboa (2,4%) e no Porto (2,7%) neste período. Já em relação à variação anual os preços das casas em Portugal subiram 6,4%.

No primeiro trimestre, os preços das casas subiram em 13 capitais de distrito, com Vila Real (8,7%), Castelo Branco (3,8%), Évora (3,8%), Viseu (3,6%), Leiria (2,9%), Porto (2,7%), Lisboa (2,4%), Coimbra (2,3%), Funchal (2,2%), Setúbal (1,8%), Braga (1,8%), Santarém (1,2%) e Faro (1%). Em Bragança (0%), Aveiro (0%) e Viana do Castelo (-0,2%) os preços mantiveram-se estáveis nesse período.

Por outro lado, os preços desceram em Beja (-5,1%), Ponta Delgada (-4,6%), Guarda (-4,2%) e Portalegre (-1,8%).

Lisboa continua a ser a cidade onde é mais caro comprar casa: 5.569 euros por metro quadrado (euros/m2). Porto (3.546 euros/m2) e Funchal (3.260 euros/m2) ocupam o segundo e terceiro lugares, respetivamente. Seguem-se Faro (2.926 euros/m2), Aveiro (2.496 euros/m2), Setúbal (2.300 euros/m2), Évora (2.088 euros/m2), Viana do Castelo (1.885 euros/m2), Coimbra (1.867 euros/m2), Braga (1.794 euros/m2), Ponta Delgada (1.788 euros/m2), Leiria (1.455 euros/m2), Viseu (1.453 euros/m2) e Vila Real (1.257 euros/m2).

Já as cidades mais económicas são Guarda (773 euros/m2), Portalegre (800 euros/m2), Castelo Branco (896 euros/m2), Beja (908 euros/m2), Bragança (931 euros/m2) e Santarém (1.199 euros/m2).

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES