Carvalho de Calvos da Póvoa de Lanhoso candidato a Árvore Europeia do Ano 2021
Sexta-feira , Dezembro 4 2020 Periodicidade Diária nº 2655
Principal / Região / Póvoa de Lanhoso / Carvalho de Calvos da Póvoa de Lanhoso candidato a Árvore Europeia do Ano 2021

Carvalho de Calvos da Póvoa de Lanhoso candidato a Árvore Europeia do Ano 2021

Carvalho de Calvos

O centenário Carvalho de Calvos da Póvoa de Lanhoso concorre à eleição da Árvore Portuguesa do Ano 2021.

A votação online já arrancou e decorre até 23 de novembro, e vai decidir qual é a árvore que representará Portugal na edição europeia da “Tree of the Year 2021”.

O concurso pretende destacar a importância das árvores antigas na herança cultural e natural. Contando mais de 500 anos, o Carvalho de Calvos tem marcado sucessivas gerações de povoenses e é um testemunho vivo da história.

O Carvalho de Calvos, Carvalha Grossa ou Carvalha da Fondoua, nomes pelo qual este carvalho é vulgarmente conhecido, é um carvalho alvarinho, da família das Fagáceas, do género Quercus, da espécie Quercus robur L.

“Este carvalho, classificado como Árvore de Interesse Público em 1997, é provavelmente o maior carvalho do país, apresentando um perímetro do tronco na sua base de 12 metros, uma copa com o diâmetro de cerca de 40 metros e uma altura aproximada de 30 metros. Estima-se que seja o carvalho mais antigo da Península Ibérica e um dos mais antigos da Europa. De forma a promover a valorização e proteção do Carvalho de Calvos, existe, nas suas imediações, o Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos, equipamento municipal”, explicou o Município de Póvoa de Lanhoso.

A par do Carvalho de Calvos, também o Tulipeiro da Virgínia de Braga está na corrida à eleição.