Quarta-feira, Dezembro 7, 2022
12.2 C
Braga
InícioRegiãoCampanha de Recolha de Alimentos do Banco Alimentar de Braga decorre no...

Campanha de Recolha de Alimentos do Banco Alimentar de Braga decorre no fim de semana

© Banco Alimentar Contra a Fome

Realiza-se, nos próximos dias 26 e 27 de novembro, sábado e domingo, mais uma Campanha de Recolha de Alimentos do Banco Alimentar Contra a Fome. Durante estes dias, todos têm a oportunidade de contribuir com a doação de alimentos (em mais de 100 supermercados de todo o distrito de Braga) e com o seu tempo, como voluntários, numa iniciativa que vai mobilizar aproximadamente 3.500 participantes.

“Esta campanha é particularmente relevante, num período especialmente difícil: as consequências económicas e sociais dos últimos anos continuam a fazer-se sentir e colocam-nos desafios diários no esforço em chegar a todos quantos necessitam de apoio. No corrente ano foram distribuídos 2.765.000 Kg de alimentos, através de 315 Instituições que chegaram à mesa de 55 681 pessoas”, refere o banco alimentar.

O produto da campanha será distribuído localmente – por todo o distrito – através de Instituições Privadas de Solidariedade Social, previamente selecionadas e acompanhadas ao longo de todo o ano pelo Banco Alimentar de Braga. Este modelo de intervenção permite “uma grande proximidade entre quem dá e quem recebe e possibilita o desenvolvimento de um trabalho de inclusão social que vai para além do mero assistencialismo”.

Até 4 de dezembro, decorrem ainda a Campanha de Doação Online – através do site – e a Campanha “Ajuda Vale” – nas lojas das várias cadeias de supermercados e hipermercados a operar no distrito.

A Campanha “Ajuda vale” permite a recolha de alimentos sob a forma de vales/cupões que representam alguns produtos básicos, como azeite, óleo, leite, salsichas e atum. Cada cupão representa uma unidade do produto (por exemplo, ‘1 litro de azeite’, ‘1 litro de leite’, etc.). Este cupão, para além de mencionar que se trata de uma entrega destinada aos Bancos Alimentares Contra a Fome, refere de forma clara a identificação do tipo de produto, a respetiva unidade e inclui um código de barras próprio, através do qual é efetuado o controlo das dádivas. Ao efetuar o pagamento, o doador entrega o cupão “Ajuda Vale” na caixa registadora e os produtos ficam claramente identificados no talão de caixa. A logística de transporte para os Bancos Alimentares Contra a Fome fica a cargo de cada uma das cadeias de distribuição. Trata-se de um processo cuja execução é auditada externamente.

“Os portugueses, e os cidadãos do distrito de Braga em particular, têm respondido com grande generosidade a estes apelos, com a doação de bens alimentares e tempo, como voluntários. Estamos confiantes de que a próxima campanha não será exceção”, acrescenta.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS