Já são conhecidos os vencedores do Concurso Municipal de Fotografia de Braga
Segunda-feira , Janeiro 18 2021 Periodicidade Diária nº 2700
Principal / Braga / Já são conhecidos os vencedores do Concurso Municipal de Fotografia de Braga

Já são conhecidos os vencedores do Concurso Municipal de Fotografia de Braga

Carolina Maria Soares de Sousa foi a vencedora do XVII Concurso Municipal de Fotografia de Braga, que teve como tema “Os Fontanários de Braga”.

A iniciativa, desenvolvida pelo Município de Braga, com o apoio dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), teve o condão de estimular o interesse e a sensibilidade dos concorrentes relativamente ao património hidráulico que ornamenta e embeleza as praças, as ruas e os jardins da cidade e de outros lugares e recantos do concelho.

Após analisar os trabalhos a concurso, o júri decidiu, também, atribuir Menções Honrosas às concorrentes Marlene Nascimento Alves Ferezini e Gabriela Filipa Lopes Ribeiro, registando que estes trabalhos corporizam significativo mérito e qualidade, manifestando coerência e unidade no conjunto do portefólio apresentado.

Da mesma forma, foi atribuído o Prémio Especial do Júri à concorrente Filipa Eduarda Campos Correia, considerando que a foto distinguida revelava singularidade e sentido estético estimulando a observação.

Esta edição do concurso de fotografia decorreu de 9 a 11 de outubro. A habitual exposição pública decorrerá na Fonte do Ídolo e os trabalhos premiados, bem como fotografias dos vários concorrentes, estarão patentes ao público entre os dias 9 de dezembro e 9 de janeiro.

A XVII Edição do Concurso Municipal de Fotografia (2020) teve como tema “Os Fontanários de Braga”, com o objectivo da captação de imagens alusivas às fontes, fontanários, chafarizes, tanques, nascentes, lagos, poços, aquedutos e outros imóveis similares, existentes na cidade e no concelho de Braga. Simultaneamente, convidava à imaginação e ao olhar peculiar dos concorrentes que poderiam deixar-se inspirar nas múltiplas e emblemáticas construções hidráulicas, presentes no Centro Histórico, nas “Sete Fontes” – classificadas como Monumento Nacional –, e também em tantas outras, simples, mas igualmente únicas, que embelezam e cumprem a sua função em todas as freguesias do concelho.

Neste enquadramento, os concorrentes apontaram a objetiva ao geral e ao pormenor, ao material e ao humano, e outros elementos que considerassem relevantes, deste vastíssimo e multifacetado património cultural.

O júri do concurso, composto pelo representante da Associação “Encontros de Imagem”, Carlos Fontes, pelo fotógrafo profissional, Hugo Delgado e pelo vereador do Pelouro da Regeneração Urbana e Património Cultural da Câmara Municipal de Braga, Miguel Bandeira, considerou que os trabalhos possuíam na sua generalidade mérito, contribuindo para um melhor conhecimento do património por parte dos participantes.