Sexta-feira, Agosto 12, 2022
17.8 C
Braga
InícioBragaBraga vai adaptar passadeiras da cidade para os invisuais

Braga vai adaptar passadeiras da cidade para os invisuais

DR

No âmbito do projeto “Eu já passo aqui”, o Município de Braga iniciou hoje uma intervenção que incidirá na Rua Comendador Santos da Cunha, Rua Pedro Magalhães Gondavo, Rua D. Diogo de Teive, Rua dos Bombeiros Voluntários, Rua 25 de Abril, Rua Sá de Miranda e Rua Marcelino Sá Pires.

Esta intervenção será realizada por fases: fase 1 na Rua Comendador Santos da Cunha, Rua Pedro Magalhães Gondavo e Rua D. Diogo de Teive; fase 2 na Rua Comendador Santos da Cunha e Rua dos Bombeiros Voluntários e fase 3 na Rua 25 de Abril, Rua Sá de Miranda e Rua Marcelino Sá Pires.

O prazo de execução total previsto é de 150 dias, sendo o prazo estimado para as fases 1, 2 e 3 de 45 dias, 30 dias e 75 dias, respetivamente.

Esta intervenção terá como objetivo a transformação de uma quantidade significativa de travessias pedonais, tornando-as completamente acessíveis. Serão colocados pavimentos podotáteis em todas as travessias abrangidas, obtendo um ambiente seguro e confortável para os cidadãos invisuais.

© CM Braga

De acordo com o Município de Braga “as áreas de incidência da intervenção estão associadas a estabelecimentos de ensino ou outros equipamentos geradores de grande fluxo, englobando ainda algumas áreas que permitem criar uma malha coesa e contínua e outras que têm vindo a ser alvo de sugestões e exposições dos munícipes”.

Condicionamentos à normal circulação de trânsito

  • Fase 1 – É proibido o estacionamento e condicionado o trânsito automóvel, estando sujeito a cortes temporários mediante necessidades que se venham a verificar, na Rua Comendador Santos da Cunha, Rua Pêro Magalhães Gondavo e Rua de Diogo de Teive;
  • Fase 2 – É proibido o estacionamento e condicionado o trânsito automóvel, estando sujeito a cortes temporários mediante necessidades que se venham a verificar, na Rua Comendador Santos da Cunha e Rua dos Bombeiros Voluntários;
  • Fase 3 – É proibido o estacionamento e condicionado o trânsito automóvel, estando sujeito a cortes temporários mediante necessidades que se venham a verificar, na Rua 25 de Abril, Rua Sá de Miranda e Rua Marcelino Sá Pires.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS