Domingo, Julho 21, 2024
28.4 C
Braga
BragaBraga: Priscos organiza Aldeia das Regiões até sábado

Braga: Priscos organiza Aldeia das Regiões até sábado

Iniciativa dá a conhecer princípios fundamentais da fé e história de cada religião.

© CM Braga

Carla Sepúlveda e João Rodrigues, vereadores do Município de Braga, estiveram hoje presentes na abertura da 2.ª edição da “Aldeia das Religiões”, que decorre até 22 de junho em Priscos. O projeto foi um dos vencedores do Orçamento Participativo de Braga.

O projeto promove o encontro e a interação ecuménica e interreligiosa, à semelhança do que aconteceu em 2012, ano em que se realizou a primeira edição do evento. A “Aldeia das Religiões” dá a conhecer os princípios fundamentais da fé e da história de cada religião.

Cada confissão religiosa presente no evento tem um espaço onde coloca o que melhor representa a sua religião. Quer os visitantes, quer os habitantes da “Aldeia das Religiões” podem visitar e conviver nos espaços uns dos outros.

Carla Sepúlveda sublinhou que este tipo de atividades “são fundamentais para a construção de sociedades mais coesas e igualitárias”. “Temos recebido quem nos procura de braços abertos e esta iniciativa é mais um grande passo para promover a diversidade e podermos partilhar o que de melhor temos para oferecer”, disse.

Já João Rodrigues afirmou que “o aumento do conhecimento sobre as diferentes vivências religiosas e espirituais permite uma interação social mais saudável e plural”. “A Aldeia das Religiões é um espaço de encontro e de partilha, onde podemos aprender uns com os outros, desmistificar conceitos e construir pontes entre as comunidades”, assegurou.

Existem também dois espaços de convívio: “Tenda do Encontro” e a “Mesa comum”. A “Tenda do Encontro” é um espaço de paragem e passagem onde, no decorrer deste evento, haverá lugar para o diálogo, partilha e convívio. Não há debates, mas sim a oportunidade de cada um falar da sua história, das suas tradições e das suas doutrinas. No programa estão agendados 23 momentos, dinamizados pelas diferentes confissões religiosas presentes no encontro.

Por seu turno, a “Mesa comum” é outro espaço de encontro, no qual a mesma comida é servida para vários líderes religiosos, com ementas feitas de acordo com as tradições gastronómicas de cada um. A entrada é livre.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES