Quinta-feira, Maio 26, 2022
30.1 C
Braga
InícioBragaBraga: Nicho das Alminhas de São Victor inaugurado e benzido após restauro

Braga: Nicho das Alminhas de São Victor inaugurado e benzido após restauro

© Signinum / Paróquia de São Victor

O nicho das “Alminhas do Purgatório”, situado na Igreja de São Victor, em Braga, foi inaugurado e benzido esta quinta-feira, após ter sido restaurado.

“Neste dia de São Sebastião, procedemos à inauguração e benção, após o restauro, destas ‘alminhas’, mesmo no final da Rua de São Victor, junto à igreja de São Victor, pois uma das imagens aqui pintada é de São Sebastião. Que ele nos livre desta pandemia”, salientou a Paróquia de São Victor.

Na pintura está representada a Santíssima Trindade, Nossa Senhora, São Victor, São Sebastião e as almas ao purgatório.

De acordo com Ricardo Silva, presidente da Junta de São Victor, este nicho foi recuperado recentemente pela empresa Signium. “A proteção do património cultural e histórico da nossa freguesia é algo que deve ser uma responsabilidade partilhada pela comunidade, mas também um motivo de orgulho. As únicas ‘Alminhas’ da freguesia de São Victor, com retábulo de madeira e que podem ser admiradas em espaço público, estavam muito debilitadas.  Grande parte da população já nem conseguia perceber os motivos temáticos e ornamentais desta ‘Alminha’. Felizmente, a Paróquia de São Victor, com a colaboração da Junta de Freguesia de São Victor, iniciou o processo de recuperação e restauro desta ‘Alminha’ e este “monumento” já pode ser apreciado por todas as pessoas”, disse o autarca.

De acordo com a empresa de restauro, a maioria os nichos “foram construídos no século XIX” e têm como objetivo ajudar a aliviar as almas com orações ou oferta de esmolas.

“Conhecidos como ‘alminhas’, estes oratórios são pequenos altares onde quem passa pode parar um momento para rezar, acender uma vela e deixar uma esmola pelas almas do purgatório. Na sua maioria, foram construídos no século XIX e são mais comuns em caminhos rurais, mas também existem nas cidades, em lugares de passagem, geralmente perto de cruzamentos, à entrada de pontes ou mesmo nas soleiras das portas”, referiu a direção da Signium.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS