Sexta-feira, Setembro 17, 2021
18 C
Braga
InícioBragaBraga: Moradores de São Victor revoltados com destruição de rampa para deficientes

Braga: Moradores de São Victor revoltados com destruição de rampa para deficientes

© Fernando Araújo

Os moradores da Praça do Bocage, na freguesia de São Victor, em Braga, estão revoltados com a destruição da rampa de acesso para deficientes, no âmbito das obras do novo parque infantil. 

De acordo com Fernando Araújo, morador na Praça do Bocage, o novo acesso para deficientes, assim como a realização de cargas e descargas para a torre Europa, será dentro do futuro parque infantil, por onde passa o circuito de manutenção.

“Era uma vez uma rampa para deficientes na Praça do Bocage. Exatamente o que fizeram com o corte de árvores na rotunda do Meliã. Para cumprir o projeto, arrancam tudo. Neste caso, o acesso para deficientes e cargas e descargas para a torre Europa passa a fazer-se por dentro do parque infantil, por onde passa o circuito de manutenção. Isto tudo por causa de 20 metros de rampa que foi mandada construir e paga pelos moradores da Torre Europa. Nunca vi disto”, contou Fernando Araújo.

O morador referiu que os habitantes da Praça do Bocage tentaram dialogar com os responsáveis da obra em questão para impedir a continuação desta destruição, “mas foram ignorados”.

Também o presidente da Junta de São Victor, Ricardo Silva, esteve no local quando a rampa de acesso à Torre Europa foi destruída. O autarca disse que contactou os responsáveis municipais para “perceber as motivações e o desenrolar deste processo”. 

“Estivemos no local para aferir as circunstâncias que levaram a essa opção, dado não termos tido acesso à informação. Contactámos os responsáveis municipais para perceber as motivações e como se desenrolaria este processo e que, após deslocação ao local, comprometeram-se a informar-nos da decisão superior do vereador responsável. Estamos ainda a aguardar os termos da decisão, ainda que isso já não evite a destruição da rampa, num processo que poderia ser mitigado, se houvesse outra forma de comunicar com os cidadãos”, contou Ricardo Silva.

A Braga TV entrou em contacto com João Rodrigues, vereador dos espaços públicos da Câmara Municipal de Braga, que esclareceu que “o processo foi dado a conhecer, quer aos moradores, quer ao presidente da Junta de São Victor desde o início, que concordaram do princípio ao fim”.

Quanto à rampa para deficientes, o vereador afirmou que “a questão foi levantada há cerca de dois meses e foi explicado às pessoas que iria sair”.

“A Praça do Bocage vai ficar toda ela disponível para pessoas com mobilidade reduzida com um acesso muito mais livre e franco à praça do que têm atualmente. Aquela rampa existente não cumpre as regras de acessibilidade e nada vai passar por dentro do parque mas dentro da praça, uma vez que a praça fica frente ao prédio da Torre Europa. As pessoas não têm de andar no meio do parque infantil a desviarem-se para acederem ao prédio, isso não vai acontecer. Havia uma rampa pequeno de lado e agora toda a praça, ao ser nivelada com o passeio, as pessoas vão poder entrar por qualquer sítio”, explicou João Rodrigues.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS