Terça-feira, Agosto 9, 2022
20.3 C
Braga
InícioBragaBraga integra compromisso comum europeu de reforçar sistemas de saúde para enfrentar...

Braga integra compromisso comum europeu de reforçar sistemas de saúde para enfrentar futuras pandemias

© CM Braga

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, participou na conferência “Healthy Cities – Healthy Citizen”, promovida pelo Município de Lyon e integrada na presidência francesa da União Europeia.

Durante esta iniciativa, várias cidades, entre as quais Braga, Barcelona,​​​​Frankfurt, Atenas, Paris, Leipzig, Birmingham ou Lyon, assumiram o compromisso político comum de prevenir e combater de forma sustentável futuras epidemias através de uma abordagem preventiva a nível da saúde, atuando sobre as suas causas e os fatores que as podem agravar: a destruição de ecossistemas e o aquecimento global, os métodos de produção agrícola, as doenças crónicas e o enfraquecimento dos sistemas de saúde.

Para que essa abordagem seja possível, uma das vertentes passa por alocar os recursos necessários para que os poderes locais, mais próximos dos cidadãos, possam atuar de forma rápida e eficaz para proteger a saúde e bem-estar das comunidades.

No seguimento desta reivindicação, Ricardo Rio lembrou o papel “absolutamente determinante” que os poderes locais assumiram no combate à Covid-19. “As autoridades locais e regionais demonstraram a capacidade e flexibilidade necessárias dar resposta a problemas que não eram da sua competência, mas que passaram a ser enfrentados como tal”, afirmou, salientando as responsabilidades assumidas na prevenção, cuidados de saúde, testagem e vacinação, assim como de apoio imediato aos cidadãos e instituições, com iniciativas de apoio à resiliência e recuperação do tecido empresarial.

Por outro lado, o autarca deu o exemplo de vários projetos desenvolvidos em Braga, tais como o “Braga a Sorrir”, de prestação de cuidados de saúde oral às classes mais desfavorecidas, o rastreio pediátrico da ambliopia, o apoio na compra de vacinas para crianças ou o auxílio na compra de medicamentos à população mais desfavorecidas. “Em muitos destes projetos estamos a colmatar, ao nível do Município, aquilo que são lacunas do poder central”, disse.

Por fim, Ricardo Rio abordou o Plano Municipal de Saúde elaborado em Braga como exemplo de boas práticas nesta área, destacando o papel de enorme importância que a atuação municipal tem na “promoção e proteção dos cidadãos”.

“Ao longo do tempo, os municípios foram assumindo cada vez mais protagonismo nesta área, desenhando políticas adequadas de promoção do bem-estar físico e mental; da prevenção de comportamentos de risco; da promoção de literacia e educação para a saúde; da equidade, cidadania e igualdade de género e da qualificação ambiental e desenvolvimento territorial”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS